Fred volta e Flu joga contra o Emelec hoje

Fred volta e Flu joga contra o Emelec hoje

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:07

 

fred fluminense
O desafio não será fácil. Depois da derrota no Equador, o Fluminense precisa vencer a todo custo para seguir vivo na Libertadores. E aposta em seu capitão e artilheiro, Fred, que volta ao time após um mês por causa de um estiramento na coxa direita, para chegar às quartas de final. No jogo contra o Emelec, às 22h (de Brasília), o Tricolor precisa de vitória por 1 a 0 ou por qualquer placar com pelo menos dois gols de diferença. Se devolver o placar de 2 a 1, levará a decisão para os pênaltis. Os equatorianos podem empatar ou até perder por um gol de diferença, desde que façam no mínimo dois.
A derrota por 2 a 1 em Guayaquil com um pênalti polêmico nos últimos minutos ainda está engasgada. Os torcedores chegaram a criar uma campanha batizada de Talibã Tricolor para incentivar o time. A ação foi reprimida pela diretoria, mas ainda assim a expectativa é de casa cheia em São Januário.
 
Além do retorno de Fred, o técnico Abel Braga confirmou a escalação de Thiago Neves. A base será a mesma da conquista do tetracampeonato brasileiro em 2012, com apenas uma mudança na zaga: Digão, em boa fase segundo o treinador, entra no lugar de Gum. Antigo titular, Rhayner vai começar no banco de reservas.
Já o Emelec tem três mudanças em relação ao primeiro jogo. A zaga formada por Achilier e Nasuti - que ficou fora da primeira partida por suspensão - está de volta. E o volante Wila, que se recuperou de uma lesão, também está confirmado no meio.
 
O peruano Victor Hugo Carrillo apita o jogo, auxiliado por seus compatriotas Jonny Bossio e Cesar Escano. A TV Globo transmite a partida ao vivo para os estados de Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba, Piauí, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre, Roraima e Amapá, além da cidade de Balsas (MA). O SporTV2 também transmite o jogo, que será acompanhado pelo GLOBOESPORTE.COM em Tempo Real. 
 
As Escalações
Fluminense: Abel Braga resolveu abrir mão do mistério e confirmou a equipe com Fred e Thiago Neves de volta. A base será quase toda do tetracampeonato brasileiro. A única mudança será na defesa, com Digão no lugar de Gum. Já Rhayner vai ficar como opção no banco de reservas. O Tricolor irá a campo com Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner; Wellington Nem, Thiago Neves e Fred.
Emelec: o time tem três mudanças em relação à vitória por 2 a 1 na última quinta-feira, no Equador. A dupla de zaga titular, formada por Achilier e Nasuti, volta ao time após cumprir suspensão. E o volante Wila, recuperado de lesão, substitui Corozo. A equipe deve começar a partida com Dreer, Vera, Nasuti, Achilier e Baguí; Pedro Quiñonez, Wila, Giménez e Mondaini; Valencia e De Jesus.
 
Quem está fora
Fluminense: se há pouco tempo o departamento médico andava cheio, agora o Fluminense terá quase todos os seus jogadores à disposição. Apenas Valencia e Rafael Sobis estão fora por lesão. Já Deco e Michael, pegos no exame antidoping, também não jogam.
Emelec: o zagueiro José Luiz Quiñonez machucou o joelho há duas semanas e ainda não tem condições de jogo.
 
Fique de Olho
Fluminense: de volta após um mês fora por causa de um estiramento na panturrilha direita, o atacante Fred é a principal esperança do Fluminense na noite desta quarta. Em 2013, o capitão tem 11 jogos e quatro gols marcados.
Emelec: o meia argentino Mondaini foi um dos melhores jogadores do Emelec na vitória por 2 a 1, no Equador. O apoiador, que começou a carreira no Boca Juniors, é o principal nome da armação das jogadas do Emelec.
 
 
O que eles disseram
Abel Braga, técnico do Fluminense: “Estou entrando em campo com meu ataque campeão brasileiro do ano passado. Ataque alegre, segundo melhor na competição de 2012. Nesse momento decisivo, eu pensei nisso. Não foi feito por acaso. Depois daquela ausência do Deco, por lesão, no fim do campeonato, o Wagner entrou e se saiu muito bem”.
Dreer, goleiro do Emelec: “Vamos enfrentar uma boa equipe brasileira. Vai ser difícil. Temos fé que podemos nos classificar. Temos que jogar concentrados os 90 minutos. Temos um gol a favor e temos que ter atenção total para sairmos classificados daqui”.
 
Números e curiosidades
* Vencer a primeira partida no mata-mata da Libertadores é uma boa vantagem. Nas últimas sete edições da competição, de 2006 para cá, em 57 oportunidades o vencedor do jogo da ida se classificou e apenas 14 vezes o perdedor da primeira partida reverteu a situação.
* O Fluminense venceu 13 das 25 partidas que disputou este ano. Nove dessas vitórias foram por mais de um gol de diferença, resultados que classificariam o Flu para as quartas de final da Libertadores 2013.  Este ano, o Tricolor conseguiu quatro vitórias por 2 a 0, três por 3 a 1, uma por 3 a 0 e uma por 4 a 1, diante do Volta Redonda em sua maior vitória em 2013.
* Nos últimos dez anos da Libertadores, o Emelec venceu apenas uma partida fora de Guayaquil, derrotando o Olimpia no Paraguai por 3 a 2 ano passado. Em seus últimos 20 jogos de Libertadores como visitante, o Emelec obteve uma vitória, cinco empates e 14 derrotas.
* Ao lado do Palmeiras, Fluminense e Emelec foram as equipes que menos marcaram gols na fase de grupos entre as 16 classificadas para as oitavas de final da Libertadores 2013. As três equipes marcaram apenas 5 gols em 6 jogos.
 
 
Último Confronto
A primeira e única partida oficial entre Fluminense e Emelec até esta noite foi realizada na última quinta-feira, em Guayaquil. E os equatorianos venceram por 2 a 1, com um pênalti polêmico no fim convertido por Gaibor. Leandro Euzébio, contra, colocou o time da casa em vantagem. Wagner, em belo chute de fora da área, chegou a empatar para o Tricolor.
 
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame