Corte de Maicon foi provocado pelo atraso de 11 horas. CBF segue em silêncio

Entidade espera que lateral explique os motivos que o levaram a chegar apenas no dia seguinte à concentração. Jogador já está voltando à Itália após desligamento

Fonte: Globoesporte.comAtualizado: segunda-feira, 8 de setembro de 2014 17:26
Maicon jogou a partida contra a Colômbia na última sexta-feira
Maicon jogou a partida contra a Colômbia na última sexta-feira

Está desfeito o mistério pelo desligamento do lateral-direito Maicon da seleção brasileira. O jogador se reapresentou horas após o horário determinado pela comissão técnica para o retornar à concentração em Miami. O prazo permitido era 20h (horário local) da noite de sábado. Porém, o atleta, de 33 anos, só apareceu no hotel por volta das 7h (horário local) de domingo.

Foi justamente por conta de tal ato de indisciplina que a comissão técnica da seleção brasileira decidiu pela saída do lateral, que dificilmente voltará a ser chamado para a equipe pelo técnico Dunga. A CBF não confirmou a informação oficialmente, mas o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, tem sido pressionado pelos próprios jogadores a revelar o motivo da saída de Maicon do grupo.

Maicon ainda teria tentado ligar para Gilmar Rinaldi após o atraso, mas a comissão técnica já havia decidido pela saída do jogador do grupo. A entidade espera que o jogador dê detalhes sobre os motivos que o levaram a sumir durante todo o sábado. O atleta está em deslocamento para a Itália.

Sem Maicon, Dunga convocou o lateral-direito Fabinho, do Monaco. O jogador estava no Catar com a equipe sub-21 comandada por Alexandre Gallo e vai se apresentar ao time principal na noite desta terça-feira. O time canarinho está concentrado em Nova Jersey, local do duelo de terça.

O segundo compromisso da equipe de Dunga será diante do Equador, no MetLife Stadium, em Nova Jersey. O duelo será transmitido ao vivo pela TV Globo, Sportv e GloboEsporte.com. O site também acompanha a partida em Tempo Real.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame