Com gols de Forlán e Damião, Dunga vence seu 1º Gre-Nal como técnico

Com gols de Forlán e Damião, Dunga vence seu 1º Gre-Nal como técnico

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:08

Gazeta

Com o resultado, o Inter alcançou oito pontos em quatro jogos, permanecendo na zona de classificação do grupo B

Após o empate à frente dos titulares do Inter pela primeira vez como técnico, Dunga teve um domingo de mais alegria. O ex-treinador da Seleção Brasileira estreou em Gre-Nais como comandante vencendo um Grêmio cheio de reservas, em Erechim, por 2 a 1, aproximando-se da vaga nas fases finais do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

No duelo de número 395 entre as equipes, os heróis colorados formaram a dupla de ataque. O uruguaio Diego Forlán abriu o placar no Colosso da Lagoa aos 38 minutos do primeiro tempo e, aos sete da etapa final, Leandro Damião fez 2 a 0. O volante Fernando ainda descontou em cobrança de falta, aos 11 do segundo tempo, mas não evitou a derrota.

 

<p class="\&quot;" \"="">Com o resultado, o Inter alcançou oito pontos em quatro jogos, permanecendo na zona de classificação do grupo B para as quartas de final do turno. Já o Tricolor, que priorizou a classificação para a fase de grupos da Libertadores (eliminou a LDU nos pênaltis), está fora da faixa que dá vaga na chave A.

O Colorado volta a campo, pelo Estadual, às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, em visita ao Lajeadense. Já os gremistas entram em campo no mesmo dia, mas às 19h30, recebendo o São José no estádio Olímpico - a Arena Grêmio está interditada após a queda das grades na comemoração da torcida diante da LDU na quarta-feira.

O jogo

O início movimentado do clássico beneficiou o Inter, que pôde impor seu ritmo e logo começar a pressionar os gremistas. Desta forma, até chegou a balançar as redes aos oito minutos, mas o gol de Rodrigo Moledo foi anulado porque a arbitragem marcou falta no goleiro Bussato.

O Colorado, porém, continuou atacando o rival e quase abriu o placar logo depois em cruzamento de Fabrício para Leandro Damião. O Grêmio só respirou na metade da etapa inicial, quando deu trabalho para o goleiro Muriel em arremates de Léo Gago e Willian José. Mas os comandados de Dunga rapidamente retomaram o comando do jogo.

Aos 31 minutos, Dátolo acertou a trave. E o que parecia questão de tempo aconteceu sete minutos mais tarde: D’Alessandro avançou pelo meio, encontrou Forlán na direita e passou para o uruguaio limpar a marcação e fazer gol em chute cruzado. Um alívio para o Inter poder respirar para manter a vitória até o intervalo.

No segundo tempo, o Colorado teve ainda outro gol anulado, aos dois minutos, quando o árbitro marcou falta em bola roubada por Leandro Damião antes de balançar as redes. O centroavante, porém, teve a chance de fazer o seu aos sete, aproveitando rebote de chute de Forlán que Bussato tinha defendido.

O Grêmio, mesmo sem Vanderlei Luxemburgo no banco, não desistiu de buscar o resultado em nenhum momento. E contou com uma cobrança de falta de Fernando, aos 11, para diminuir a diferença e renovar a esperança na busca pela soma de algum ponto no clássico.

Dunga, contudo, soube renovar o fôlego de sua equipe ao longo da partida, e seus comandados conseguiram prender a bola para conter o ímpeto cada vez maior dos gremistas na tentativa de empatar o Gre-Nal. E a festa em Erechim foi colorada.

FICHA TÉCNICA INTERNACIONAL 2 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS) Data: 3 de fevereiro de 2013, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa
Assistentes: José Franco Filho e Rafael da Silva Alves
Cartões amarelos: Leandro Damião e Fabrício (Internacional); Fernando e Léo Gago (Grêmio)

Gols:
INTERNACIONAL: Forlán, aos 38 minutos do primeiro tempo; Leandro Damião, aos sete minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Fernando, aos 11 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Ronaldo Alves e Fabrício; Willians, Fred, Dátolo (Josimar) e D’Alessandro; Forlán (Vitor Júnior) e Leandro Damião (Gilberto)
Técnico: Dunga

GRÊMIO: Busatto; Tony, Bressan, Werley e Alex Telles; Fernando, Léo Gago, Misael (Yuri Mamute) e Jean Deretti (Rondinelly); Leandro e Willian José
Técnico: Roger


Continue lendo...

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame