Aranha é apresentado como novo goleiro do Palmeiras

Goleiro, titular do Santos na última temporada, é apresentado no Palmeiras e se diz mais tranquilo com Oswaldo no comando: "Sabem o que eu posso render ou não"

Fonte: globo.comAtualizado: terça-feira, 3 de fevereiro de 2015 15:07
Aranha
Aranha

O goleiro Aranha foi apresentado como jogador do Palmeiras na manhã desta terça-feira, após treino realizado na Academia de Futebol. O atleta assinou contrato até o fim deste ano e disputará vaga entre os titulares com Fernando Prass, atual dono da meta alviverde. Em sua primeira entrevista coletiva, Aranha minimizou um duelo particular com o colega, mas admitiu que ficar na reserva não o deixará completamente satisfeito.

– Eu tenho que ser bem sincero e dizer que não é uma situação das mais felizes deixar de ser titular e ficar na reserva, porque você faz todo o trabalho e na hora do filé você fica assistindo. Temos de respeitar a decisão do treinador. Eu joguei no Ecus, de Suzano, no Sumaré, na quinta divisão... Eu não olhava para os times grandes e pensava que iria só se fosse titular. Eu preciso trabalhar como todo mundo aqui. Se o meu melhor me levar à condição de titular, ótimo. Senão, quem não gostaria de estar na minha situação? A grande maioria está sofrendo com falta de estrutura e salário. Tenho de olhar para trás e ver o que já passei. Quanta gente está lutando para ter uma oportunidade maravilhosa como essa – argumentou.

Indicado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, Aranha comemorou o fato de ser novamente comandado pelo treinador, com quem trabalhou no Santos. Ele acredita que não começará o trabalho da “estaca zero” justamente pelo fato de já ter a confiança necessária caso surja uma chance entre os titulares.

– Com o Oswaldo, com o Oscar (Rodriguez), preparador de goleiros, eu não começo do zero. Mesmo só treinando e não participando dos jogos, eles me conhecem atuando. Eles sabem o que posso render ou não. Não começo do zero. Isso pesa bastante – completou. 

No último sábado, após a vitória por 3 a 1 sobre o Audax, Fernando Prass se irritou ao ser questionado sobre a contratação de Aranha. O goleiro disse que “não comentaria todo jogador que acertasse com o clube”. Em entrevista coletiva na semana passada, o atual titular não se mostrou à vontade com a possível chegada do concorrente, dizendo que a avaliação cabia à diretoria.

Aranha, por sua vez, apontou que um dos motivos que o fizeram querer deixar o Santos, além dos atrasos nos salários, era o fato de que a diretoria alvinegra não escondia o fato de que buscava um outro atleta para a posição. O jogador foi à Justiça e, na última semana, aceitou um acordo para rescindir com o clube do litoral.

Ele é o quinto goleiro à disposição de Oswaldo no Palmeiras. Além dele e de Prass, o técnico também conta com Jailson, Fabio e Vinícius Silvestre. Um desses deve ser emprestado, já que o comandante planeja trabalhar com quatro atletas para a posição.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame