Treino leve e alegria: os segredos de Marcos para emplacar sequência

Treino leve e alegria: os segredos de Marcos para emplacar sequência

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:38

Marcos chega ao sétimo jogo seguido: boa meta

(Foto: Cesar Greco / Agência Estado)

  Contra o Avaí, neste domingo, no Canindé, o goleiro Marcos vai alcançar sua sétima partida consecutiva como titular do Palmeiras – número impensável no início do ano. Convivendo com dores no joelho, o camisa 12 recebe tratamento diferenciado para conseguir estar sempre bem na hora de entrar em campo. Desde seu retorno ao time, em 5 de maio, contra o Coritiba, o “Santo” tem repetido as boas atuações que fizeram dele um ídolo da torcida alviverde. A carga de treinos e o atual momento de alegria do jogador favorecem a sequência.

- Outro dia estava conversando com o Rogério Ceni, que completou cem jogos seguidos. Eu estou completando seis, sete, e já estão comemorando – brincou o “Santo”, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Excluindo os 6 a 0 sofridos diante do Coxa, Marcos participou de outros cinco jogos e sofreu apenas três gols, média de 0,6 por partida. Mesmo aos 38 anos, o goleiro tem mostrado agilidade e reflexos apurados, fruto de um cuidadoso trabalho realizado pelo preparador Carlos Pracidelli, em conjunto com departamento médico e de fisioterapia. A carga de treinos de Marcos é mais leve, e ele tem uma programação de exercícios diferente da passada aos outros goleiros do elenco: Deola, Fábio e Raphael Alemão.   Marcos não faz mais trabalhos de explosão, nos quais Pracidelli costuma “judiar” de seus pupilos. Em compensação, apura a resistência para aguentar bem a sequência de jogos. Do campo, ele sai direto para a sala de fisioterapia, onde faz tratamento para prevenir dores e microlesões.

A ideia é fazer com que ele dispute a maior parte do Campeonato Brasileiro, com Deola pronto para entrar nos jogos em que o “Santo” for poupado. Só depois da certeza de que Marcos teria condições de suportar toda a temporada é que o clube optou por emprestar Bruno, terceiro goleiro, para a Portuguesa.

- O trabalho que eu faço com os mais jovens, não faço com ele. Tenho de dar condições de jogo ao Marcos, e não o contrário. Se eu pedir muita coisa no treino, posso tirar essa condição. Então, é preciso ter bom senso para saber quando aumentar a carga e quando segurar. Assim vamos conseguir colocar o Marcos em campo – explicou Carlos Pracidelli.

Até o final de julho, o Palmeiras terá intervalos relativamente tranquilos entre os jogos. Até lá, se não sofrer qualquer lesão, é claro, Marcos está garantido. Depois disso, a intenção é mantê-lo na equipe, mas um revezamento com Deola não está descartado.   - Essa hipótese existe, e vamos ver com o Felipão no futuro, realmente quando estiver para começar a sequência mais dura. Vou ver com a comissão técnica até que ponto é interessante termos o Marcos nos jogos do meio e do fim de semana. Na atual situação, também não muda tanto... Você acaba trocando o jogo do meio de semana pelo treino do meio de semana. E muitas vezes esse treino é mais desgastante do que o próprio jogo. Por outro lado, você tem mais tempo para recuperar o atleta caso aconteça alguma coisa – disse o preparador de goleiros.

Além do treino diferenciado, o bom momento pessoal favorece. Tranquilo e brincalhão, Marcos superou recentes problemas pessoais e hoje está focado em terminar bem sua carreira. O contrato com o Verdão vence no fim do ano, e ele já avisou que vai pendurar as luvas depois disso.

- O “bom dia” do Marcos já me diz tudo. Tenho um filho de 20 anos e trabalho com o Marcos há 17, então é como se ele fosse outro filho meu. Sei o dia em que ele chega alegre, triste, empolgado... Ultimamente tem chegado sempre bem, e isso é muito importante para que eu consiga desenvolver melhor meu trabalho. Vamos fazer com que ele encerre a carreira em alto nível – prometeu Carlos Pracidelli, o mentor do “Santo”.

Marcos tem feito treinos mais leves para poder suportar jogos (Foto: Marcos Ribolli/ GLOBOESPORTE.COM)        

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame