GP de Uberlândia terá atletas bem ranqueados do Brasil e do exterior

GP de Uberlândia terá atletas bem ranqueados do Brasil e do exterior

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:43

Atletas do Brasil e do exterior estarão mais uma vez frente a frente. Nesta quarta-feira, eles disputam o GP de Atletismo de Uberlândia, a partir das 18h, no Estádio Ádria Santos, da Vila Olímpica do Sesi-Gravatás. Será o terceiro campeonato da série de cinco que compõem a temporada brasileira de GPs de atletismo.

A disputa terá algumas provas especiais como os 100 metros, o lançamento do martelo e o salto triplo, no masculino, além dos 100 metros, os 3.000 metros com obstáculos e o lançamento do martelo, no feminino. Cada uma dessas provas reúne pelo menos cinco atletas entre os 50 melhores do ranking mundial.

Wagner Domingos representa o Brasil no lançamento do martelo (Foto: CBAT)

  A tradicional prova dos 100 metros masculino, por exemplo, conta com o britânico Dwain Chambers, campeão mundial dos 60 metros no ano passado, em Doha, e campeão do GP de Belém, no último domingo. Número 13 do mundo, Chambers está em Uberlândia para tentar o bi, já que venceu em 2010 com 10s19.

- Era para ter corrido abaixo dos 10 segundos. Vamos ver desta vez - disse o atleta, que cravou 10s16 em Belém.

Igor Sokolovs quer agradar a torcida (Foto: CBAT)

  No lançamento do martelo, Dishod Nazarov, do Tadjikistão, também tenta o seu segundo título na cidade mineira. Ele foi campeão em 2009 e estabeleceu o recorde, com 79,28 metros. A prova também terá cinco atletas entre os 50 do mundo: além do lituano Nazarov, Igor Sokolovs, também da Lituânia, Mohsen Anani, da Tunísia, Kibwe Johnson, dos Estados Unidos, e Robert Janet, de Cuba. Participam ainda o argentino Juan Ignacio Cerra, além dos brasileiros brasileiros Wagner Domingos e Allan Wolski.

- Não gosto de previsões, mas quero fazer o meu melhor e alegrar a torcida e os organizadores - disse Sokolovs, que obteve 75 metros este ano em um torneio em Kawasaki, no Japão.

O brasileiro Wagner Domingos está animado. Ele fez um estágio de treinamento de três meses em Brezice, na Eslovênia. Voltou no dia 5 de maio e, já no sábado, obteve a marca de 71,60 metros no torneio em São Caetano do Sul, garantindo o índice para os Jogos Pan-Americanos do México.

- Minhas prioridades são o Campeonato Sul-Americano e o Jogos Pan-Americanos. Quero voltar medalhado das duas competições.   O salto triplo também contará com cinco atletas entre os 50, com destaque para os cubanos David Girat, Yoandris Betanzos e Osniel Tosca. Tosca venceu a prova do GP de Belém, no domingo, com 17,16 metros . Os outros dois ranqueados são os brasileiros Jefferson Sabino e Hilton da Silva. O americano Walter Davis, campeão mundial em Helsinque, em 2005, também vai competir.

Outra prova forte será os 3.000 metros com obstáculos, que reunirá os quenianos Bernard Mbugua e Bisluke Kiplagat. Mbugua foi campeão desta prova no GP de Fortaleza, enquanto Kiplagat ganhou os 5.000 metros no GP de Belém. O brasileiro Hudson Santos de Souza, bicampeão pan-americano dos 1.500 metros, espera obter o índice de 8m39s66 para o Pan.

- Vou correr em casa e tenho tudo para melhorar os 8m41s59 que fiz em Fortaleza - disse o medalha de bronze no Ceará.

Hudson dos Santos quer obter o índice para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (Foto: CBAT)

  No 100 metros feminino, os destaques são Alexandria Anderson, dos Estados Unidos, Ana Cláudia Silva, do Brasil, Tahesia Harrigan, das Ilhas Virgens Britânicas, Mikele Barber, dos Estados Unidos, e Oudamola Osayomi, da Nigéria, vencedora da prova em Belém. A americana Brianna Glenn, campeã do salto em distância no Pará, vai correr também os 100 metros.

O lançamento do martelo terá nada menos do que seis participantes entre os 50 do ranking. A grande estrela é a cubana Ypsi Moreno, bicampeã mundial e vice-campeã olímpica da prova. As outras ranqueadas são Jennifer Dahlgren, da Argentina, Sultana Frizell, do Canadá, Marina Marghiev, da Moldávia, Amber Campbell, dos Estados Unidos, e Arasay Thondike, de Cuba.

Deirdre Mullen treina para o salto em altura (Foto: CBAT)

  Nos 3.000 metros com obstáculos, a previsão é de muito equilíbrio. As etíopes Almaz Ayana e Mekdes Bekee lutarão mais uma vez pela vitória. Almaz venceu a prova em Fortaleza e depois ganhou os 5.000 metros em Belém. Outras ranqueadas são Korene Hinds, da Jamaica, Purit Cherotich Kirui, do Quênia, e Sabine Heitling, do Brasil, medalha de ouro no Pan do Rio, em 2007, e recordista sul-americana da prova.

O salto em altura e os 400 metros também devem ter bons resultados. As duas provas têm quatro atletas no top 50. No salto em altura, destacam-se Sheree Francisc, da Jamaica, Deirdre Mullen, dos Estados Unidos, Ana Simic, da Croácia, e Liz Patterson, dos Estados Unidos.

  Nos 400 metros, estão entre as favoritas Rosemarie White, da Jamaica, Keshia Baker e Monica Hargrove, ambas dos Estados Unidos, e Geisa Coutinho, do Brasil.

As etapas de São Paulo, no dia 22 de maio, e do Rio de Janeiro, no dia 26, encerram a temporada brasileira de GPs de atletismo.

Confira a programação do GP de Uberlândia: Lançamento do martelo - masculino

400 metros - feminino

400 metros - masculino

Salto em altura - feminino

Lançamento do martelo - feminino

100 metros - feminino

Salto triplo - masculino

100 metros - masculino

3.000 metros com obstáculos - feminino

3.000 metros com obstáculos - masculino

Lançamento do dardo - feminino

100 metros com barreiras - feminino

Revezamento 4x100 metros - feminino

Revezamento 4x100 metros - masculino

Revezamento 4x400 metros - feminino

Revezamento 4x400 metros - masculino        

Siga-nos

Mais do Guiame