Dorival Júnior adota postura ?light? e elogia atitude dos jogadores do Galo

Dorival Júnior adota postura ?light? e elogia atitude dos jogadores do Galo

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:48

Depois do empate com gosto de derrota na Copa do Brasil, diante do Grêmio Prudente, em plena Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, em 0 a 0, o técnico Dorival Júnior surpreendeu a todos na sala de imprensa. Quando se esperava uma atitude mais firme diante da decepção do resultado, o comandante alvinegro disse que gostou do que viu. O treinador se mostrou animado com o futebol apresentado pelo Galo.

- O ânimo não vai cair. Podem ter certeza. Eu garanto uma coisa. O Atlético-MG voltou a ter o espírito que queremos. Perdemos a vaga, mas ganhamos o que estava faltando. Com a vibração, com o espírito e com um pouco mais de equilíbrio, vamos chegar. A Copa do Brasil era importante, mas não estávamos preparados para tanto. Muita coisa aconteceu. Mas fico contente, pois vi uma equipe com vibração, valente e que honrou a camisa do Atlético-MG.

O treinador admitiu que a eliminação foi sentida pelos jogadores do Galo. O clima nos vestiários era de decepção. Mas Dorival Júnior mostrou muita confiança em, rapidamente, dar a volta por cima.

- Todos nós sentimos o baque. O ambiente que encontrei nos vestiários é o que todos esperavam ver em momento como esse. Mas a partir do instante em que você sente a dor dos jogadores, isso conforta. É um processo de amadurecimento. É uma equipe jovem, que foi reestruturada agora. E deu uma resposta de vibração e espírito de luta.

A torcida atleticana deixou o estádio na bronca com os jogadores, a comissão técnica e também com a diretoria do Galo. Porém, Dorival Júnior tratou de buscar alento nas opções que tem dentro do elenco.

- Estamos buscando novas opções. Dentro da equipe, vamos começar a ter o grupo todo à disposição. Vamos ter a volta do Richarlyson, do Daniel Carvalho, do Mancini. Aos poucos, vamos readquirir a melhor condição. Os dois laterais estrearam agora. Tudo é questão de tempo. O que aconteceu nos últimos 45 dias desestruturou tudo. Temos que ter calma.

Agora, o Galo enfrentará a Caldense, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), em Poços de Caldas, pelo Campeonato Mineiro.      

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame