Após 60 jogos em 2010, Roberto não quer folga: 'Vou até onde aguentar'

Após 60 jogos em 2010, Roberto não quer folga: 'Vou até onde aguentar'

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:01

Não é fácil tirar Roberto Carlos de algum jogo do Corinthians. Em 2010, das 70 vezes que o Timão foi a campo, o lateral-esquerdo participou de nada menos que 60. Para 2011, ano em que completará 38 anos, o pentacampeão promete não diminuir o ritmo frenético que atingiu na temporada anterior.

- Eu não sou muito de ficar segurando. Vou jogar até onde aguentar. Estando bem dá para jogar a temporada inteira. Enquanto tiver fôlego e gás, espero terminar como no ano passado, com os troféus mais importantes da minha posição. Não quero ser o melhor em campo, mas manter uma regularidade – afirmou.

Roberto Carlos só não jogou mais em 2010 por ter sido expulso duas vezes logo que chegou ao Corinthians. Ele recebeu cartão vermelho nos clássicos contra Palmeiras, no Pacaembu, e Santos, na Vila Belmiro. Depois, embalou e só ficou atrás de Jucilei, que disputou 62 partidas.

- No Real Madrid, na Seleção e no Fenerbahce-TUR fiquei poucos jogos fora. Eu jogo sempre. Espero não ser expulso mais – disse.

O grande número de partidas, porém, trouxe consequências no fim da temporada. Roberto Carlos sentiu um forte incômodo na coxa direita e precisou ser poupado. Agora, ele garante estar recuperado para atuar normalmente já a partir deste domingo, contra a Portuguesa, às 17h, no Pacaembu, pela estreia no Campeonato Paulista.

- Estou recuperado da lesão. Em Itu, dei uma segurada em dois treinos físicos. As pernas pesam muito e acabam prejudicando as costas. Tenho falado com o Dudu (preparador físico) para diminuir a carga e colocar mais bola – completou.

Por: Carlos Augusto Ferrari

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame