USP já registrou 18 casos de roubo em 2011

USP já registrou 18 casos de roubo em 2011

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:42

No período de janeiro a abril deste ano, a USP (Universidade de São Paulo) já registrou 18 casos de roubo dentro do campus do Butantã, segundo dados da Divisão de Operação da Guarda Universitária. O total de ocorrências, incluindo problemas no trânsito, furtos, entre outros, foi de 222.

Na noite de quinta-feira (19), o estudante de Ciências Atuariais, Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, foi morto com um tiro na cabeça, numa suposta tentativa de roubo. O crime aconteceu no estacionamento da FEA (Faculdade de Economia e Administração) da USP.

Veja no gráfico abaixo dados sobre as ocorrências no campus da USP no Butantã.

 

?> A maior parte dos roubos ocorreu em abril. Foram 13, contra apenas 5 dos outros três meses somados. Também conta com o maior número de ocorrências em geral, com 77. Em seguida vem fevereiro, com 63.

O número de roubos se mantém estável de 2007 a 2010, considerando-se apenas os quatro primeiros meses do ano. Mas abaixou quando o ano todo é levado conta – foram 71 em 2007, contra 36 em 2010. No mesmo período, não foram registrados homicídios.

Diferentemente do furto, no roubo o assaltante tem de fazer ameaça grave ou empregar violência contra a vítima.

Crime na FEA Testemunhas contaram à polícia que, logo após sair da aula, Felipe foi seguido por um homem até o estacionamento. Após abordagem, o estudante entrou em luta corporal com o suposto assaltante, a ponto de quebrar uma maçaneta do veículo. Foi quando o assassino sacou a arma. Felipe ainda tentou entrar no carro blindado, mas não conseguiu. Após balear o jovem, o suposto bandido fugiu sem levar nada.

Um guarda universitário viu um carro grande, como um utilitário, saindo do estacionamento. Há câmeras no local, mas elas não filmaram o crime. O caso será registrado no 93º Distrito Policial, do Jaguaré.  

Siga-nos

Mais do Guiame