Tema da redação surpreende os candidatos na segunda fase da Fuvest

Fuvest é um dos vestibulares mais disputados do país. Redação fez estudantes que querem entrar na USP suar frio.

Fonte: globo.comAtualizado: segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 10:15
Fuvest
Fuvest

Os estudantes que querem entrar na USP, a Universidade de São Paulo, não tiveram descanso no domingo (4). Começou a segunda fase da Fuvest e o vestibular mais disputado do país fez o pessoal quebrar a cabeça para escrever a redação.

Um beijo de boa sorte na porta, o estudo de última hora, vale tudo, e os pais não desgrudam.

fuvest

Na segunda fase de provas da Fuvest, a etapa final vai até terça-feira (6). No primeiro dia, 8% dos estudantes faltaram e agora 27 mil concorrem às 11 mil vagas da Universidade de São Paulo e às 120 da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa.

Algumas horas depois, os candidatos começaram a deixar os locais de prova. As questões de português não assustaram, mas o tema da redação surpreendeu: a Fuvest pediu que os candidatos escrevessem sobre a segregação social e usou uma palavra até agora pouco conhecida: "camarotização".

”Foi um pouco inesperado, né? Todo mundo esperava um tema sobre a água, alguma coisa relacionada, mas veio um tema totalmente diferente. Veio sobre camarote e o espaço vip de alguns lugares”, diz o estudante Tiago Ribeiro.

Apesar do termo novo, o assunto agradou e a lista dos aprovados sai no dia 31 de janeiro.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame