Lojistas pedem ao governo IPI zero para móveis antes do Natal

Lojistas pedem ao governo IPI zero para móveis antes do Natal

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:18

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas ( CNDL ) informou nesta sexta-feira (9) que fez um pedido ao Ministério da Fazenda para que seja zerado o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para móveis antes do Natal deste ano. "O pedido é para zerar o IPI por um período. Queríamos para o Natal ainda. Isso manteria as vendas. A questão não é nem aumentar. Isso [crescimento de vendas com IPI menor] acontece na linha branca, que tem um apelo um pouco maior. Talvez haja retração [das vendas de móveis no Natal] em virtude do consumidor que ia comprar uma mesa, mas acaba comprando uma geladeria com o IPI menor. Isso gera uma concorrência desleal entre dois setores", disse Roque Pellizzaro Junior, presidente da CNDL.

Até o momento, o pedido da CNDL de zerar o IPI de móveis ainda não foi respondido pela equipe econômica. Desde abril do ano passado, a alíquota do IPI de móveis está em 5% . Este é um patamar inferior ao que vigorava antes da crise, em 2008, quando a alíquota estava em 10% para a maior parte dos produtos. Em 2009, porém, o IPI chegou a ser zerado por conta justamente da crise internacional.        

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame