Marcela Tais fala sobre o Evangelho nos tempos modernos: "Os princípios de Deus não estão defasados"

"A galera está muito antenada, e os princípios de Deus não estão defasados. Eu vejo algumas pessoas dizendo que eles não são mais aplicáveis para o tempo de hoje, mas na verdade, é o segredo de se viver uma vida, de fato, feliz", disse a cantora em entrevista ao Guiame.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: sexta-feira, 10 de julho de 2015 19:03
Marcela Tais em seu novo álbum "Moderno à Moda Antiga". (Foto: Divulgação)
Marcela Tais em seu novo álbum "Moderno à Moda Antiga". (Foto: Divulgação)

 

O novo álbum de Marcela Tais, "Moderno à Moda Antiga", teve uma repercussão destacada logo nos primeiros dias de lançamento. A leveza dos ritmos e a poesia nas canções revelam o que, para a cantora, é uma premissa: "o Evangelho é leve".
 
Em entrevista ao Guiame durante o Encontro de Mídias e Lojistas organizado pela Sony Music Gospel, Marcela disse que escolheu esse tema por também se considerar moderna à moda antiga. "Vivemos em tempos moderníssimos, nunca estivemos com a tecnologia tão avançada e tudo tão acessível. Mas eu queria que a minha geração, principalmente, refletisse sobre os princípios de Deus; por isso eu uni essas duas propostas", explica a cantora.
 
"A galera está muito antenada, e os princípios de Deus não estão defasados. Eu vejo algumas pessoas dizendo que eles não são mais aplicáveis para o tempo de hoje, mas na verdade, é o segredo de se viver uma vida, de fato, feliz", continua Marcela. "O Evangelho é gostoso, é leve e é aplicável."
 
Ser referência
 
Marcela tem se tornado referência para a geração jovem, e muito disso se deve a sua associação à bandeira "Eu Escolhi Esperar", que mostra aos adolescentes como viver a plenitude de Deus no tempo de espera.
 
"Alguns jovens têm uma dificuldade de compreender. Esperar é no sentido de não desesperar e tomar decisões erradas – não é ficar parado e esperar a vida acontecer sem você participar, não é isso. É um movimento que vale a pena conhecer, hoje é uma bandeira. Mas esperar em Deus é uma decisão, muito mais que um movimento. Já era algo que eu tinha como postura e que veio muito a calhar", disse a cantora, que é voz da canção oficial do EEE.
 
Na visão de Marcela não há diferenciação entre músicas para adorar a Deus e outras para apenas 'curtir' o ritmo. "Todos nós somos adoradores. Não tem como ser um cristão e não ser adorador. Precisamos de músicas que nos levem a Deus, nos faça concentrar e pensar nas coisas de Deus, pensar e refletir sobre a nossa vida espiritual", diz a cantora.
 
"O pessoal às vezes pensa que eu faço música para 'se ouvir dentro do carro' ou então 'tomando banho', mas não, nós somos templo do Espírito Santo, somos a igreja. Então acaba que o estilo musical, na minha opinião, é uma questão mais de gosto pessoal, mas a mensagem é o mais importante", conclui.
 
Assista a entrevista completa:
 
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame