De back vocal a cantora solo, Cleyde Jane fala sobre novo CD: "A responsabilidade é maior"

Em entrevista ao Guiame, a cantora ainda afirma que todo adorador carrega consigo a responsabilidade de levar a mensagem do Evangelho para as pessoas.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: quarta-feira, 23 de setembro de 2015 18:54

 


Capa do CD Nasci Pra Vencer, de Cleyde Jane. (Foto: Divulgação)

 

Até o ano passado, a trajetória de Cleyde Jane foi marcada por incontáveis trabalhos como back vocal para cantores como Jozyanne, Cassiane, Eyshila, Elaine de Jesus, Rose Nascimento, Fernandinho e Damares.
 
No entanto, setembro foi o mês escolhido por ela para iniciar um projeto solo, mas que contou com um pouco de cada cantor que fez parte de sua história na música. O CD "Nasci Pra Vencer" passou por três anos de produção e foi lançado em 2014. Com influências do pop, black-music e pentecostal, o disco é repleto de melodias eletrizantes, letras fortes e músicas de adoração a Deus. 
 
Em entrevista ao Guiame, a cantora ainda afirma que todo adorador carrega consigo a responsabilidade de levar a mensagem do Evangelho para as pessoas. "A gente tem a missão de ter uma vida consagrada e de levar a Palavra de Cristo. Se [o adorador] consegue levar a imagem de Jesus para aqueles que ainda não conhecem, está no caminho certo."
 
O CD Nasci Para Vencer está sendo relançado pela gravadora CanZion Brasil, na qual Cleyde Jane faz parte desde maio deste ano. O playback do CD também está disponível. 

Acompanhe a entrevista completa:
 
Grande parte de sua trajetória foi participando do back vocal de diversos nomes da música gospel. Qual foi seu maior aprendizado nesse período?
Cleyde Jane: Eu tive grandes aprendizados. Só com a Eyshila, eu fiquei mais de dez anos trabalhando na estrada. Também tem o pastor Fernandinho, que eu fiquei quatro anos, desde o DVD "Uma Nova História", onde a gente começou uma parceria de andar juntos na estrada. Então esses dois foram as pessoas que eu tive mais aprendizagem.
 
Ministerialmente, qual o impacto da mudança de back vocal para a atuação solo?
Cleyde Jane: Eu já cantava na igreja desde os meus cinco anos. Eu comecei a trabalhar com back vocal, que é muito mais tranquilo. Quando você vai cantar solo, a responsabilidade é maior. Para mim foi muito mais gostoso, fazer essa transição foi bem tranquila. Como eu já ministrava na minha igreja, e fazia paralelamente as agendas com o back vocal, quando foi o momento de Deus para fazer carreira solo foi até mais tranquilo, e também o momento certo de Deus.
 
As músicas de seu CD foram de sua autoria? 
Cleyde Jane: Tem cinco canções minhas e outras canções de vários compositores como Nani Azevedo, que foi uma pessoa que trabalhei na estrada por muito tempo, tem a canção principal do CD que é "Nasci Pra Vencer" da Eyshila, tem a canção "Maravilhoso" que eu canto com o Fernandinho e é composição da Aline Barros com o pastor Marcos Sales, tem também a regravação de "Alto Preço", do nosso querido Asaph Borba. Tem bastante parcerias de composições, graças a Deus.
 
Como aconteceu o processo de parcerias nas composição e escolha do repertório?
Cleyde Jane: Como eu já trabalhava com alguns deles, essa parceria nasceu naturalmente. A primeira música do CD a título foi "Nasci Pra Vencer", que a Eyshila gravou na casa dela. Ela me deu a primeira canção e me impulsionou a começar o solo. Através dela comecei a fazer o CD e através dela começou todo o projeto.
 
Na sua visão, qual a maior responsabilidade de um adorador?
Cleyde Jane: A maior responsabilidade é primeiramente mostrar o que ele realmente vive, uma vida com Deus, levar a mensagem de Deus para as pessoas. A gente também tem a missão de ter uma vida consagrada e de levar a Palavra de Cristo. Se ele consegue levar a imagem de Jesus para aqueles que ainda não conhecem, está no caminho certo.
 
Além do novo CD, quais são os novos projetos?
Cleyde Jane: A gente fez o clipe "Maravilhoso", lançamos já tem um tempinho e agora a gente vai lançar o clipe "Nasci Para Vencer". Temos algumas parcerias para fazer vídeos, arranjos acústicos, tem muitas coisas vindo por aí até a gente preparar o próximo CD.
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame