Cid Guerreiro diz que sua visão sobre Deus foi mudada após conhecer missão no Pará

Conhecido como o compositor do sucesso "ilariê", Cid Guerreiro hoje usa sua música para glorificar a Deus e gravou um DVD entre os ribeirinhos da Amazônia. Assista.

Fonte: GuiameAtualizado: quarta-feira, 12 de julho de 2017 14:14

"Com todo esse tempo de Evangelho que eu tenho, não conheço esse verdadeiro amor". A confissão sincera foi feita pelo cantor e compositor Cid Guerreiro diante do testemunho de um missionário ribeirinho, no Pará, que rema cerca de nove horas por dia para dar aulas de discipulado e evangelizar nas casas.

Cid falou sobre o lançamento de seu DVD "Eis-me Aqui", gravado na Comunidade Costa do Tapará, localizada no coração da Amazônia e contou como este projeto foi completamente motivado por uma transformação que Deus proporcionou ao seu ministério, dando a ele um novo olhar sobre missões e o real significado do Ide de Jesus.

"Dois anos atrás, eu fui lá para os Ribeirinhos, em Santarém (PA) e numa missão que a gente estava fazendo lá, com mais ou menos 800 pastores, em uma das reuniões, um homem se levantou e disse: 'eu queria dar um testemunho aqui", contou.

"Ele começou a contar: 'Eu saio daqui todos os dias, pego a minha canoa e remo com a minha canoa por quatro horas para fazer o discipulado de uma hora com os meus discípulos em um lugarejo e volto remando, durante cinco horas, por causa da correnteza, mas todos os dias eu peço uma coisa...'. Quando ele falou isso, senti no automático aquela vontade de ajudar. Botei a mão no bolso e pensei: 'vou comprar um motor para dar para esse cara'. Quando eu botei a mão no bolso, Deus disse: 'Ei, meu filho, tira mão do bolso. Ouve o que ele vai dizer", acrescentou.

Com lágrimas nos olhos, o cantor explicou que aquele evangelista não estava ali para pedir ofertas para comprar um motor para o seu barco, mas sim para pedir aos pastores presentes que orassem por ele.

"Ele falou assim: 'Todos os dias eu peço para que Deu me dê mais força para eu remar mais uma hora, porque eu sei que se eu remar mais uma hora, vai ter alguém que ainda não ouviu falar de Jesus e eu posso falar Dele. Mas eu não posso remar mais que nove horas por dia, então eu só peço a Deus, força'. Aquilo quebrou o meu coração ali", confessou.

"Eu chorava muito e dizia: 'Deus, me dá esse coração. Eu quero me converter, aqui e agora [...] Com todo esse tempo de Evangelho que eu tenho, não conheço esse verdadeiro amor. Eu quero ter esse coração, é isso que eu quero viver", disse.



Gravação do DVD "Eis-me Aqui"

Cid Guerreiro contou que posteriormente, Deus falou ao seu coração sobre a gravação de seu novo DVD e que tudo iria acontecer naquela comunidade ribeirinha tão especial, que marcou sua caminhada cristã.

"Eu disse: 'Pai, não tem condições. Lá não tem luz, não tem água potável, lá tem 120 casas, lá não tem ninguém'. Mas Ele respondeu: 'Lá tem o meu povo", contou.

 

 

 

Siga-nos

Mais do Guiame