Banda de rock cristã lança novo single inspirado na vida de missionário que morreu

A banda Palankin teve como inspiração o testemunho do missionário Gregory McNutt que viveu intensamente para Cristo até seu último dia.

fonte: Guiame, com informações da assessoria

Atualizado: Segunda-feira, 14 Agosto de 2017 as 4:38

Palankin surgiu em dezembro de 2015, logo após o casamento de Ana Rock com Tiago Andrade. (Foto: Divulgação).
Palankin surgiu em dezembro de 2015, logo após o casamento de Ana Rock com Tiago Andrade. (Foto: Divulgação).

A vida e as pregações do missionário Gregory McNutt, que viveu o Evangelho de Cristo de forma intensa até o último dia de sua vida, foram inspiração para a letra do novo single da banda de rock Palankin. “Tocamos algumas vezes com Gregory e ele sempre pregava sobre um homem que encontrou um tesouro e vendeu tudo por amor. Ele tinha uma vida de amor e dedicação total à Deus de uma forma radical, e nos inspiramos nisso”, diz o grupo.

“Nosso objetivo não é vender ou ter fama sem propósito, nossa missão é pregar o Evangelho de Cristo e libertar os cativos de suas prisões espirituais”, ressalta Ana Rock vocalista da banda.

Você sabe o que significa a palavra “Epifania”? Significa manifestação de um ser sobrenatural que desperta algo. É quando Deus aparece. “E quando Jesus, Deus, aparece na vida de alguém, nada fica como estava. Tudo muda, é impossível conte-Lo numa caixa", explica Ana. O novo single fala sobre esse encontro do ser humano com Deus.

Palankin retrata na nova canção justamente isso, uma experiência sobrenatural com Deus, assim como Saulo teve um encontro com Deus e se tornou Paulo, mudando radicalmente seu estilo de vida. “Nós cremos no poder de Deus! Quando Ele surge na vida de uma pessoa, nada fica como estava, tudo muda e se transforma de maneira sobrenatural”, afirma Ana Rock.

Sobre a banda

Palankin surgiu em dezembro de 2015, logo após o casamento de Ana Rock com Tiago Andrade. Com influências musicais que vão desde o rock clássico ao alternativo e passam pelo folk e o experimental, a banda traz uma proposta diferente para o cenário nacional e uma mensagem impactante em um formato diferente do convencional.

“Muitas pessoas talvez se sintam desconfortáveis com nossa musicalidade e letras. Mas não estamos aqui para sermos aceitos, porque já fomos por Cristo. Estamos aqui para soar um alarme e pregar contra todo tipo de maldade humana e sobre esperança num mundo caótico”, explica Ana Rock.

Alguns elementos da música chamam muito a atenção, como é o caso do som das correntes, mas tudo tem um propósito determinado. “Cremos na verdade que liberta e quebra correntes e cadeias da mente e da vida de pessoas, que estão aprisionadas em vícios, sofismas etc. Cantamos e compomos sobre nossas experiências e relacionamento com Deus e procuramos com isso impactar e ser relevantes na vida das pessoas e sua busca pelo real encontro com Deus”, conclui Ana Rock.

Confira o single "Epifania":

veja também