Vídeos revelam esquema de venda de tecidos de bebês abortados nos EUA; assista

Durante uma das negociações, a Diretora Médica da Planned Parenthood Pasadena e San Gabriel Valley, na Califórnia, Mary Gatter chega a se oferecer para pedir à equipe abortista para usar ferramentas diferentes nas mulheres durante os procedimentos de primeiro trimestre, a fim de extrair tecidos e órgãos intactos.

Fonte: Guiame, com informações do Christian PostAtualizado: quarta-feira, 22 de julho de 2015 16:45

O Centro para o Progresso Médico (CMP) nos EUA lançou um segundo vídeo na última terça-feira (21), que mostra uma diretora da organização 'Planned Parenthood' - que visa prover orientações sobre contraceptivos, acompanhamento pré-natal, cuidados sobre crianças e também, procedimentos abortivos - negociando os preços para partes dos corpos de bebês abortados a uma suposta "empresa" que estaria interessada em compra-las.

Diretora Médica da Planned Parenthood Pasadena e San Gabriel Valley, na Califórnia, Mary Gatter é vista neste novo vídeo de negociação sobre o preço de partes de corpos com a suposta empresa interessada (fictícia), que Planned Parenthood está agora acusando de "assédio". Gatter ainda se oferece para pedir à equipe abortista para usar ferramentas diferentes nas mulheres durante os procedimentos de primeiro trimestre, a fim de extrair tecidos e órgãos intactos.

"Eu não me importaria de pedir a Ian, que é o nosso cirurgião que faz os procedimentos, para usar uma IPAS [aspirador a vácuo manual] nessa idade gestacional, a fim de aumentar as chances de que ele obtenha os tecidos intactos", declara Gatter.

Durante as negociações sobre os preços, Gatter acrescenta: "Você sabe, nas negociações quem joga a primeira proposta está pode perder, certo?".

Depois continuou a pechinchar sobre os preços, Gatter sugere US $ 75 por um "espécime", que, em seguida, o ator diz que é um valor de "bola baixa". Ela finalmente parece se contentar com um preço de US$ 100, mas sugere que o custo pode ser mais alto depois que ela consultar seus colegas em outras unidades da Planned Parenthood sobre as 'taxas' que eles estão conseguindo para cada parte do corpo.

"Faz anos desde que eu já falei sobre compensação, então deixe-me saber o que os outros estão recebendo. Em seguida, se isso ainda for baixo, então podemos subir isso. Eu quero uma Lamborghini", brincou.


Investigação
No primeiro vídeo (lançado na semana passada) a abortista Deborah Nucatola, diretora sênior de serviços médicos da Planned Parenthood aparece oferecendo a coleta de partes de bebês abortados para sob um preço específico.

O projeto do CMP levou David Daleiden a dizer em uma declaração compartilhada com o 'Christian Post', que a "Planned Parenthood' admitiu coletar partes de bebês abortados e lucrar com isto".

O Centro Médico também observou que o governo começou a investigar em sete estados e em três comissões da Câmara dos EUA as atividades da Planned Parenthood relacionadas à venda de partes de bebês abortados.


Pró-Vida

Lila Rose, presidente do grupo de ação pró-vida, classificou o vídeo divulgado na terça-feira como uma "barbárie".

"Este último vídeo ilustra ainda mais a realidade bárbara dos negócios na 'Planned Parenthood' - que depois de vender um aborto, trabalha para melhorar sua linha de fundos, colhendo as partes dos corpos da criança que acabou de morrer", disse Rose em um comunicado enviado por email ao Christian Post.

A organização acusada de tais crimes está respondendo com uma campanha chamada "Eu estou com a Planned Parenthood", que diz em parte:

"Mais uma vez, um grupo de ativistas anti-aborto atacou os médicos, enfermeiros e pacientes da Planned Parenthood com falsas acusações. E mais uma vez, seus aliados políticos estão aproveitando a estas acusações como uma desculpa para pressionar a mesma ordem de trabalhos perigosos - proibir o aborto, fechar os centros de saúde e submeter as mulheres a abortos fora de cuidados".

Presidente do grupo 'Sacerdotes pela Vida', Frank Pavone dirigiu-se ao novo vídeo com a seguinte declaração:

"Este é o segundo vídeo de outros que serão lançados nas próximas quatro ou cinco semanas, mostrando o quão moralmente corrupta é a Planned Parenthood. Os Sacerdotes pela Vida vão ajudar os membros do Congresso nas próximas investigações sobre o grau em que funcionários da Planned Parenthood, ao mais alto nível desrespeitam a lei estadual e federal".

Clique no vídeo abaixo para assistir o vídeo com legendas (em inglês):

E confira também o primeiro vídeo (publicado na semana passada), já com legendas em português:

Siga-nos

Mais do Guiame