Procurador da República alerta sobre propostas de leis que visam a erotização infantil; assista

Segundo Guilherme Schelb, além da da ideologia de gênero, há nos registros da Educação Brasileira, a proposta de assegurar o 'direito ao prazer sexual das crianças' - o que levaria à erotização infantil.

Fonte: GuiameAtualizado: domingo, 28 de junho de 2015 19:27
Guilherme Schelb é procurador da República
Guilherme Schelb é procurador da República

"O governo Dilma já contempla em 2011, a implantação - ainda que ilegal e inconstitucional - o princípio da pedofilia". O alerta foi feito pelo procurador da República, Guilherme Schelb, em entrevista concedida ao apresentador Edely Tápia (programa Família & Cia).

Segundo o jurista, além da ideologia de gênero - atualmente em trâmite nas Câmaras Municipais de todo o país - há nos registros da Educação Brasileira, a proposta de assegurar o 'direito ao prazer sexual das crianças' - o que levaria à erotização infantil.

"É isto que os pefófilos defendem e o MEC e a presidência da República já contemplam isto. É um abuso / um crime contra a infância. Mais do que isso: nesta resolução [ideologia de gênero] a lei já contempla exatamente esta revolução social, porque eles querem as mentes das crianças", alertou.

"O que eles querem é exatamente esta ruptura entre o sexo biológico das crianças e o seu comportamento sexual. Isto faz parte, não somente do Partido dos Trabalhadores, mas também de uma lógica marxista socialista cultural".

Clique no vídeo abaixo para assistir à entrevista completa:

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame