Na Bahia, doenças desaparecem pelo poder da fé

Na Bahia, doenças desaparecem pelo poder da fé

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:11

Se não fosse o milagre do Senhor Jesus em minha vida eu não sei o que seria dela", diz a vendedora Carine Leite de Farias [foto], de 26 anos. A jovem conta que na última noite do ano de 2007 foi levada ao hospital sentido fortes dores. Lá, foi verificado, através de exames, que ela estava com 'pedras nos rins' (cálculo renal). "Lembro que após o diagnóstico fiquei internada e o médico indicou um procedimento cirúrgico. Mas, como eu e minha mãe já conhecíamos o poder Deus e sabíamos da eficácia de um clamor, oramos com toda fé ali mesmo na unidade", lembra.

Carine adormeceu convicta de que Deus tinha escutado os pedidos. Ao acordar, no primeiro dia do ano de 2008, ela já não sentia mais dores.

"Nós duas ficamos super felizes e agradecidas ao nosso Senhor. Claro, o médico tentou dá uma explicação lá, que até respeitamos, mas só sei que foi o meu Deus Quem me salvou. Na Igreja Universal, fiz propósitos de fé e também fiz novos exames que comprovaram a minha cura", diz.

"A fé nos faz alcançar maravilhas"

Damiana Cunha Oliveira, de 55 anos, aposentada, também ficou livre de enfermidades que lhe causavam tormentos depois de buscar a cura divina. "Eu tinha cinco hérnias de disco na coluna, três na região lombar e duas na cervical, que provocam dores terríveis. Como se não bastasse, um ‘esporão’ (inflamação no tecido que recobre os músculos da sola do pé) se desenvolveu no meu pé direito e eu sentia muita dor", lembrou.

Damiana fez exames - radiográficos e ressonância magnética -, que diagnosticaram os problemas, também fez todos os tratamentos indicados. Durante um ano, consumiu medicamentos e fez sessões de fisioterapia, mas as dores continuavam intensas e frequentes.

Aquele sofrimento somente chegou ao fim depois que ela buscou a cura por meio da fé em Jesus Cristo nas reuniões de cura e libertação da Igreja Universal. "Já tinha consciência de que milagres aconteciam na vida das pessoas que clamavam a Deus e me revoltem com a minha situação. Determinei a minha cura na Corrente, não foi fácil. Era como uma batalha espiritual, apesar de sentir as dores eu repetia que estava livre e curada. Hoje posso dizer que a fé no Senhor Jesus nos faz alcançar maravilhas", disse Damiana.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame