Homem se entrega a Jesus após sobreviver a tornado: "Quero testemunhar o que Deus fez"

O homem entendeu que após sobreviver sem um ferimento a um tornado que atingiu seu carro e o lançou a 15 metros de distância, não havia outra explicação, senão a mão de Deus o livrando.

Fonte: Guiame, com informações do Charisma NewsAtualizado: quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017 13:35
Prefeito Ray Nagin folheia a Bíblia encontrada nos destroços da casa de uma mulher de 85 anos, atingida por um tornado. (Foto: Reuters)
Prefeito Ray Nagin folheia a Bíblia encontrada nos destroços da casa de uma mulher de 85 anos, atingida por um tornado. (Foto: Reuters)

Relatos de pessoas que viram a morte de perto não são incomuns nestes dias em Luisiana, onde os moradores estão tentando se recuperar depois dos estragos de quatro tornados, que recentemente atravessaram a região de Nova Orleans. As tempestades feriram 33 pessoas e danificaram centenas de casas.

Ainda não foi registrada nenhuma morte, causada por estes tornados, mas muitos, ao que parece, foram impactados de uma maneira poderosa durante esses dias.

Al New, coordenador do capelania na equipe 'Resposta Rápida' da Associação Evangelística Billy Graham, recentemente conversou com um homem que afirma que o desastre natural o levou a repensar sua vida. Capelães estão sendo treinados para lidar com situações de crise e implantados em Nova Orleans, após a tempestade. Eles estão oferecendo cuidados emocionais e espirituais junto ao ministério parceiro 'Bolsa do Samaritano'.

Al New conheceu este homem em uma quinta-feira, quando estava servindo no Ministério Móvel, atendendo pessoas que precisavam de uma palavra de apoio.

"Ele me contou que estava trabalhando em sua van, quando o tornado veio e atingiu o seu carro. A ventania girou o veículo o lançou a 15 metros de distância", disse New. "A van ficou destruída, mas ao ver que saiu ileso o homem disse: 'Bendito Deus, eu não tive nenhuma lesão em parte alguma".

O homem afirmou que se sentia grato a Deus por estar vivo, e New aproveitou aquela oportunidade para compartilhar a mensagem do Evangelho. Logo, o homem percebeu que, além de agradecer a Deus por ter sobrevivido ao tornado, queria conhecê-Lo pessoalmente.
Quando New perguntou se ele queria ter um relacionamento com Jesus, o homem respondeu: "Eu certamente gostaria. Agora seria um bom momento para isso".

Eles continuaram a conversar dentro da base móvel do Ministério e o homem decidiu reconhecer a Cristo como seu Salvador.

Dias depois desta conversa e o tocante momento de oração com o sobrevivente do tornado, Al New soube que o homem foi procurar uma pastor de sua região e já quer compartilhar seu testemunho com outras pessoas.

"Ele disse: 'Eu vou para a igreja do meu primo no próximo domingo e vou testemunhar o que aconteceu comigo na tempestade e sobre o que Deus fez por mim", lembrou New.

New soube que o homem realmente foi ao culto naquele domingo e compartilhou seu impactante testemunho com todos ali.

"Eu recebi um telefonema deles [igreja] no domingo, dizendo que ele realmente foi para a igreja. Ele não só foi ao culto, mas também testemunhou e quer se tornar membro de lá. Ele agora está recebendo um grupo de estudo bíblico em sua casa onde, os líderes vão continuar a discipular e a orientá-lo. Estamos orando para que ele continue assim", contou o capelão.


Testemunhos
Os testemunhos continuam a surgir nas comunidades atingidas pelas tempestades. O dono de uma casa disse aos capelães que no dia dos tornados, ele tinha acabado de voltar de seu trabalho, quando ele olhou pela janela do banheiro e viu o tornado. El foi até o corredor e ficou imóvel.

"Ele disse: 'Sei que Deus envolveu Seus braços ao redor de mim, porque toda a casa foi arrancada do chão pela ventania, mas nada me tocou", disse New.

Muitas casas na área sofreram grandes danos. Esses moradores que já tinham se recuperado da destruição do furacão Katrina em 2005, agora estão se perguntando novamente como eles vão se reerguer. Somente na última terça-feira, a Bolsa do Samaritano recebeu 100 chamadas de trabalho para residências.

New disse que às vezes é difícil encontrar as palavras certas diante de tantos desastres, mas seu objetivo - assim como o dos capelães - é apontar continuamente para a esperança que só Jesus Cristo oferece.

"Você apenas tenta trazer-lhes esperança e conforto e dizer-lhes que eles já passaram por isso antes e se reergueram. Você sabe que você passou por isso", disse New. "Com a ajuda de Deus e com esperança nEle, eles vão superar isso novamente".

"Nós os encorajamos a permanecerem fortes e confiar no Senhor", finalizou.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame