“Onde está escrito que devemos escolher entre o Espírito e a Palavra?”, questiona pastor

Leandro Vieira, que faz parte do presbitério da Base Missionária Casa de Oração em Curitiba, falou a milhares de pessoas na Conferência JesusCopy 2017.

Fonte: GuiameAtualizado: quarta-feira, 25 de outubro de 2017 16:11
Leandro Vieira falou a milhares de pessoas na Conferência JesusCopy 2017. (Foto: Reprodução/Facebook/JesusCopy)
Leandro Vieira falou a milhares de pessoas na Conferência JesusCopy 2017. (Foto: Reprodução/Facebook/JesusCopy)

Muitas expressões são usadas por cristãos contra a Igreja de Cristo, mas umas das mais ditas é “a igreja me feriu”, conforme observou Leandro Vieira, que faz parte do presbitério da Base Missionária Casa de Oração, em Curitiba, no Paraná.

“Escute: a Igreja de Jesus não. Ela não fere, ela não machuca. Algumas organizações humanas podem ter feito isso com você, mas a Igreja não”, ele esclareceu durante uma pregação realizada na Conferência JesusCopy 2017, em São Paulo.

Ele ainda alertou os cristãos a não usarem as mídias sociais para criticar a Igreja. “Não use mais as suas redes sociais para denegrir a igreja. Não foi a Igreja que te feriu. Jesus ama a Igreja. Ele ama a gente”, ressalta.

Vieira observa que muitas pessoas têm distanciado os conceitos de Igreja e Reino, como se o Reino de Deus estivesse acima da Igreja. “A Igreja fala de quem somos, Reino fala de como nos movemos. O Reino é a consequência de entendermos quem nós somos em Cristo — a Igreja”, esclarece.

“Mas parece que a minha geração está sempre fragmentando as coisas”, acrescenta. “Os homens colocaram o Espírito Santo e a Palavra em conflito. Eles dizem que você deve escolher — ou você é da Palavra, reformado, ou você é pentecostal, do ‘manto’. Onde está nas Escrituras que eu tenho que escolher entre o Espírito e a Palavra? O Espírito e a Palavra nunca estiveram em conflito”.

O líder ainda alertou sobre o método de replicar conceitos americanos na Igreja Brasileira. “O ‘movement’ e o ‘church’ tem prazo de validade. Essa onda de copiar a América [existe] na esperança de encontrar a resposta. Sabe qual é a resposta? A vida de Cristo em nós”.

Em outro momento da ministração, Vieira comentou sobre o trecho de Mateus 21:12-13, quando Jesus entrou no templo e expulsou comerciantes, clientes e cambistas.

“Jesus entrou no templo e expulsou não só os que vendiam, mas expulsou também os que compravam. Não só os que vendem o Evangelho, mas os que financiam esse mercado evangélico podre”, observa. “Ou somos uma casa de oração, ou somos um covil de ladrões. Das duas, uma”.

Confira a pregação completa:

Siga-nos

Mais do Guiame