"Deus trabalha nas adversidades para te fortalecer", diz pastor Gustavo Paiva

Gustavo Paiva é o fundador e líder do Ministério Nova Geração há 13 anos.

Fonte: GuiameAtualizado: terça-feira, 17 de outubro de 2017 19:13

O pastor Gustavo Paiva, fundador do Ministério Nova Geração, pregou sobre os processos em que os cristãos passam. E que fases difíceis servem para fortalecer aqueles que creem em Jesus. Na mensagem ministrada durante o evento ASU 2017, ele ressaltou a importância de passar pelas provas junto com Jesus.

“Muitas vezes o processo não é fácil. Mas, você precisa entender que as diversidades é a maneira que Deus trabalha em você para te fortalecer para que você possa viver com o peso do favor. Encare as coisas de uma perspectiva diferente. Um dia, Jesus estava andando com um de seus melhores amigos, que se chamava Pedro. Pedro era um cara muito louco”, disse ele.

“Um dia Jesus estava lavando os pés e ele disse: ‘Não, não, não lava meus pés, por favor’. Ai Jesus vira para ele é diz: ‘Se você não deixar eu lavar seus pés você não tem parte comigo’. Ai Pedro: ‘Não, lava a cabeça, lava o corpo, lava tudo’. Pedro era esse cara, o amigo de Jesus. Cristo está indo para a cruz e Pedro diz: ‘Jesus, não vá para a cruz’. Jesus vira para o amigo e diz: ‘Para trás de mim, satanás’. Jesus chama o amigo de satanás. Olha que amigo legal”, ressaltou o pastor.

“Lá na frente, Jesus está no Getsêmani, prestes a entregar a sua vida. Vem um homem até ele, o traidor chamado Judas. Jesus abre os braços e o chama de amigo. Jesus chama o amigo de satanás e o traidor de amigo. Sabe porque? Pedro tentou tirar Jesus do propósito dele que era a cruz. Mas, Judas colocou Jesus no propósito dele, que era a cruz. Nem tudo o que é ruim com você está te tirando do propósito. Nem tudo que é ao seu favor está te colocando no propósito”, pontuou.

O processo

“Processo é você entender se aquilo está te tirando do destino ou não. Para de ficar chorando as suas dores. A Bíblia diz que Jesus suportou a cruz por causa da alegria que lhe estava proposta. Tem horas que vai doer mesmo, mas Deus está no controle. ‘Tá doendo, Deus, mas eu sei que está tudo bem, pois você está no barco’. O vento está batendo, o barco está sendo jogado de um lado para o outro, mas está tudo ok, Deus, o barco está indo”, comentou.

“Não é como, mas com quem você está. Não é como você vai chegar do outro lado, é com quem você vai chegar do outro lado. Se você olhar para o lado e ver Jesus, está tudo ok. Se você olhar para o lado e entender que Ele está li, ainda que o barco esteja sendo jogado pelas águas, se Jesus está ali, está tudo bem. Não pergunte como, pergunte quem. Isso é processo”, alertou.

Siga-nos

Mais do Guiame