Soldado arrisca a própria vida para resgatar mulher de carro em chamas: "Deus me usou"

Um caminhão se chocou gravemente contra um carro, causando um princípio de incêndio e o paramédico da Marinha Thomas Gentry estava dirigindo pelo local quando viu o acidente. "Senti que era minha responsabilidade, voltar e ajudar", disse.

Fonte: Guiame, com informações do Christian TodayAtualizado: domingo, 29 de maio de 2016 11:18
O oficial da Marinha, Thomas Gentry arriscou sua própria vida para salvar uma mulher de um carro em chamas nos EUA. (Imagem: Captura de Tela / CBN News)
O oficial da Marinha, Thomas Gentry arriscou sua própria vida para salvar uma mulher de um carro em chamas nos EUA. (Imagem: Captura de Tela / CBN News)

Um paramédico da Marinha dos EUA acabou se vendo na necessidade de fazer o papel de "herói" em uma tragédia da vida real. Mas o chefe superior Thomas Gentry não está tomando pessoalmente o crédito por esta ação, apesar ter arriscado sua própria vida recentemente para resgatar uma mulher de um carro em chamas na rodovia Interstadual 264, em Virginia Beach, no estado da Virginia (EUA).

"Eu só sabia que era a coisa certa a fazer", disse ele à CBN News. "Eu sinto que Deus me usou, e eu também senti que era minha responsabilidade como paramédico, voltar e ajudar".

Um caminhão se chocou gravemente contra um carro, causando um princípio de incêndio.

Gentry estava dirigindo pelo local, quando viu o acidente. Ele imediatamente parou e correu para perto do carro em chamas. Ele viu que uma mulher estava inconsciente no banco do motorista do veículo menor e um passageiro do sexo masculino semi-consciente no banco do carona.

"Com as chamas se espalhando, a minha principal preocupação era apenas a de que eles precisavam sair dali. Eles precisavam sair do veículo ou iriam morrer", disse Gentry à CBN News.

O cinto de segurança da mulher estava emperrado. Gentry perguntou às pessoas em volta se alguém tinha uma faca para cortar o cinto. Alguém lhe deu uma faca, e Gentry puxou a mulher para fora. Logo em seguida, o fogo rapidamente atingiu a parte de trás dos assentos dianteiros.

"O fogo se espalhou tão rapidamente desde o momento em que cheguei ao veículo até quando eu a puxei para fora que eu pude sentir o calor no lado esquerdo do meu corpo, enquanto eu estava chegando para puxá-la para fora. Então eu percebi que teria de agir rapidamente", disse Gentry.

O homem no banco do passageiro também saiu do carro antes de ser consumido pelo fogo.

No entanto, Gentry lamenta que ele não conseguiu salvar as duas filhas da mulher - uma menina de cinco meses de idade e outra de dois anos.

"Eu não vi o bebê na parte de trás, principalmente devido ao dano que o veículo teve. A parte traseira do veículo foi praticamente contra os bancos da frente. Então, não tinha como eu ver as crianças", disse ele.

Gentry disse que ele realmente não estava tentando bancar o herói, mas estava simplesmente tentando "passar a diante" um gesto semelhante, que um dia foi feito à sua esposa por um estranho.

"No ano passado minha esposa sofreu um acidente na [rodovia] 264 e alguém parou para ajudá-la", disse ele. "Por isso, a nossa família é muito grata".

Finalizando seu testemunho, o soldado da Marinha decidiu deixar uma mensagem para todos.

"Eu diria que se há alguma coisa que você possa fazer para ajudar alguém em um momento de necessidade como esse, sem se colocar em risco como eu fiz ... faça o que for possível", disse ele.

Siga-nos

Mais do Guiame