Pastor prega em avião durante pouso forçado: ‘Pode ser seu último momento, esteja pronto’

Kyle Donn percebeu que poderia ser a última oportunidade daquelas pessoas serem salvas pelo Evangelho e decidiu falar aos passageiros do voo 2775 sobre Cristo.

Fonte: Guiame, com informações do The Gospel CoalitionAtualizado: sexta-feira, 2 de julho de 2021 14:49
Kyle Donn e a esposa Brittany viajavam no voo 2775 da American Airlines, que havia acabado de decolar de Charlotte e se dirigia para Seattle, nos Estados Unidos, no domingo (30). (Foto: Reprodução/Facebook).
Kyle Donn e a esposa Brittany viajavam no voo 2775 da American Airlines, que havia acabado de decolar de Charlotte e se dirigia para Seattle, nos Estados Unidos, no domingo (30). (Foto: Reprodução/Facebook).

Neste domingo (30), o pastor Kyle Donn pregou o sermão mais rápido e inesperado de sua vida ministerial. Ele e a esposa Brittany viajavam no voo 2775 da American Airlines, que havia acabado de decolar de Charlotte e se dirigia para Seattle, nos Estados Unidos, quando o piloto anunciou que o avião estava com falha em um dos motores e que os passageiros deveriam se preparar para um pouso forçado.

Em meio a correria dos comissários de bordo para preparar todos os passageiros, o pastor Kyle olhou em volta e viu o desespero de todos. Um homem estava chorando e um casal segurava forte as mãos um do outro.

“Nunca me senti tão fora de controle e tão assustado. Pensei que nos próximos minutos eu poderia encontrar Deus. Minha esposa e eu lembramos um ao outro a resposta à primeira pergunta do catecismo que temos usado como devocional: ‘Não sou de propriedade minha , mas pertenço de corpo e alma, tanto na vida como na morte, a Deus e a Jesus Cristo, meu Salvador’”, relatou Kyle.

O pastor da Peninsula Bible Fellowship em Washington, percebeu que poderia ser a última oportunidade daquelas pessoas serem salvas pelo Evangelho e decidiu falar a todos sobre Cristo.

A eternidade a minutos de nós

“Se morrermos nos próximos minutos, você sabe o que vai acontecer?”, perguntou a uma jovem sentada à sua direita, que chorava e soluçava na posição de segurança, com o pito nos joelhos.

A jovem respondeu que não sabia ao certo, falou algo sobre crescer como católica e ouvir sobre o purgatório.

“Vou compartilhar com vocês porque Britt e eu temos esperança agora; espero que esteja tudo bem”, falou o pastor à jovem, que consentiu.

“Não quero assustar ninguém, mas quero que saiba porque minha esposa e eu temos esperança agora. Temos paz com Deus!”, o pastor começou a pregar bem alto para as pessoas das fileiras próximas.

“O Deus que fez tudo quer fazer as pazes conosco, embora tenhamos destruído seu mundo. Ele o ama tanto que deixou o céu para fazer as pazes com os pecadores, morrendo na cruz. Seu nome é Jesus. Confesse com sua boca e creia em seu coração que Jesus é o Senhor ressuscitado, e você terá paz com Deus!”, anunciou Kyle.

Algumas pessoas olharam para o pastor. Ninguém riu ou zombou dele. Depois dos segundos de terror, o avião pousou com segurança e os passageiros embarcaram em outro avião para continuar a viagem.

A emergência da evangelização diária

“Não sei se alguém ouviu ou respondeu ao meu sermão de 30 segundos nesses momentos frenéticos. Mas estou feliz que Deus me deu coragem para não ficar em silêncio”, afirmou o pastor Kyle.

Para o cristão, a experiência foi como um despertar para a fragilidade da vida e para a bondade de Deus em nos oferecer a salvação eterna. “Oro para que tenha sido esse tipo de experiência para alguns dos passageiros. Deus nos agarrou com uma palavra. Algo como: Qualquer momento pode ser o seu último. Você não está no controle. Esteja pronto”, disse Kyle.

O pastor refletiu também que a experiência o despertou para a emergência de se pregar o Evangelho com mais frequência para amigos e familiares.

“Em um mundo de contingência tão violenta — onde uma vida pode ser extinta a qualquer momento, de várias maneiras — você precisa saber o que vem a seguir. Você precisa saber o que acontecerá depois que você morrer. Você tem uma alma eterna”, relembrou o pastor.

Kyle Donn ainda deixou uma mensagem a todos: “Eu não me importo quem você é, o que você fez ou o quão anti-Deus você tem sido. Se você aceitar os termos da paz de Deus — abandonando o pecado e confiando em Cristo — você saberá com certeza onde estará depois de morrer. E você pode viver com paz e esperança em um mundo onde a morte, para qualquer um de nós, é apenas um ralo ou um motor quebrado”, disse.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame