Mesmo com a perseguição, cristãos leem a Bíblia em público nas ruas de Cuba

Mais de 10 denominações evangélicas se reuniram para ler e compartilhar a Palavra de Deus.

Fonte: Guiame, com informações do Evangelical FocusAtualizado: terça-feira, 15 de janeiro de 2019 15:17
Cristãos cubanos se reúnem para a leitura anual da Bíblia em 'Malecón'. (Foto: Divulgação/GNA)
Cristãos cubanos se reúnem para a leitura anual da Bíblia em 'Malecón'. (Foto: Divulgação/GNA)

“Malecón” é um espaço com oito quilômetros de calçada na orla de Havana. O lugar é um dos mais visitados da ilha comunista pelos turistas. Foi esse o local escolhido por um grupo de fiéis cubanos para ler a Bíblia e compartilhar o evangelho com outras pessoas, no início de 2019.

Um dos objetivos do encontro é mostrar a fé que o povo cubano tem apesar do contexto de perseguição religiosa que enfrentam. “Queremos que todos saibam que há pessoas aqui que acreditam em Deus e que confiam em Sua Palavra, que crescem e alimentam sua fé lendo Sua Palavra”, acrescentou um dos participantes.

“Decidimos nos encontrar [na parte da] manhã e convidar outras igrejas da região. Mais de 10 denominações se encontraram e isso é uma grande alegria”, disse uma mulher da Igreja Evangélica de Cuba. 

Ela explicou que o encontro reuniu “famílias, novos crentes, adultos e crianças, deficientes para este evento especial”.  

Mais de 10 denominações se uniram para a leitura da Bíblia. (Foto: Divulgação/GNA)

Além da demonstração de fé, os evangélicos cubanos mostram a unidade que têm como cristãos. Durante o encontro, que também teve a participação de muitas crianças, eles leram e comentaram a Bíblia, além de evangelizar os transeuntes e curiosos que se interessavam pelo evento.

Isso é uma maneira de “dar testemunho de uma igreja que busca a Deus através da Sua Palavra, que seguimos Seus mandamentos, é uma linda bênção”.

 

Siga-nos

Mais do Guiame