Menino de 9 anos memoriza a Bíblia e sonha ser pregador: ‘Quero tornar Deus conhecido’

Aacen White se prepara para o National Bible Bee, um concurso de memorização bíblica realizado nos EUA

Fonte: Guiame, com informações da Associated PressAtualizado: segunda-feira, 27 de setembro de 2021 18:23
Aacen White, de 9 anos, se prepara para participar do National Bible Bee Championship. (Foto: Thomas Wells/The Northeast Mississippi Daily Journal via AP)
Aacen White, de 9 anos, se prepara para participar do National Bible Bee Championship. (Foto: Thomas Wells/The Northeast Mississippi Daily Journal via AP)

Aos 9 anos, Aacen White tem uma infância comum no Mississippi (EUA) com brincadeiras, escola e momentos em família. Mas um dom o torna uma criança única: sua habilidade para memorizar a Bíblia.

Em novembro, ele estará no National Bible Bee, um concurso de memorização bíblica realizado nos EUA. Ele irá competir na divisão primária (idades de 7 a 10 anos), onde os participantes chegam a recitar impressionantes 579 versículos.

Ganhando ou perdendo, Aacen está pronto para o grande dia. “Eu gostaria de ganhar. Vou tentar o meu melhor, mas o principal objetivo que as pessoas devem ter é aprender a palavra de Deus e tornar Deus conhecido. Só de estar lá já é uma vitória para mim”, disse o garoto ao Daily Journal.

Em várias ocasiões, Aacen pregou no púlpito da Igreja Batista New Hope, no Condado de Webster, onde seu pai, Matthew, é pastor. Mesmo pequeno, ele já tem convicção do que fará no futuro.

“Sempre quis ser oftalmologista quando crescer. E eu também gostaria de ser um pregador”, disse o garoto.

No domingo anterior à competição, Aacen irá falar mais uma vez do púlpito de seu pai. Ele já está trabalhando em sua mensagem: 

“Já tenho pensado no que vou dizer”, avalia o garoto. “Estava pensando em como nosso país está desmoronando. Estou orando para que Deus abra os olhos dos nossos líderes como abriu os olhos de Saul. Estou orando para que eles se voltem para Deus”.

Preparação em família

A mãe de Aacen, Whitney, é sua treinadora e principal líder de torcida. Ela conta que o filho se classificou pela primeira vez para a competição há dois anos, quando tinha apenas 7 anos — e era o competidor mais novo.

“Ele estava aprendendo a ler. Naquele ano, ele era um suplente. Este ano, ele está em 8º lugar entre 120 finalistas na faixa etária dele”, afirma.


Aacen White já participou de dois campeonatos de memorização bíblica. (Foto: Thomas Wells/The Northeast Mississippi Daily Journal via AP)

Segundo Whitney, o trabalho de preparação vai muito além da memorização mecânica: “Algumas das passagens têm 12 ou 13 versículos e eles precisam conhecer as referências cruzadas e as raízes gregas. É mais difícil do que qualquer coisa que eu já estudei na faculdade”.

Aacen comparou a longa temporada de estudos bíblicos a uma escalada de montanha.

“A cada dia fica mais difícil”, afirma. “É como subir uma grande colina. Você chega ao topo e olha para cima e tem mais outra. Não dá nem para imaginar como deve ser difícil o nível júnior e sênior. Eles têm que estudar de manhã até à noite.”

Whitney disse que além de memorizar centenas de versículos, Aacen e outros competidores devem ter um conhecimento bíblico mais aprofundado.

“Algumas das perguntas são simplesmente aleatórias”, disse ela, citando um exemplo do guia de estudo: Qual palavra descreve melhor ‘Judas 1:3’ - a) Lembrança, b) Exortação, c) Bênção ou d) Ordem? “Eu mesma não tenho ideia”, observou a mãe. “E ele tem só 9 anos!”

Aacen reconhece que a competição bíblica é mais difícil do que seus estudos escolares. Mesmo com o esforço, ele não deixa de ter uma infância leve e divertida. “Ele tem um dom”, disse a mãe. “Mas tem que ter um equilíbrio. Eu ainda quero que ele seja um garotinho”.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame