Marido de mulher assassinada em igreja dos EUA diz que 'pode perdoar o autor do crime'

"Por mais estranho que pareça, eu posso verdadeiramente te perdoar pelo que você fez. Mas só se você se render", disse Brandon Bevers em uma mensagem ao assassino, divulgada pela mídia norte-americana.

Fonte: Guiame, com informações do Christian TodayAtualizado: domingo, 29 de maio de 2016 17:17
Brandon Bevers disse que está disposto a perdoar a pessoa que assassinou sua esposa, mas pediu que o autor do crime se entregue à polícia. (Imagem: Youtube / Reprodução)
Brandon Bevers disse que está disposto a perdoar a pessoa que assassinou sua esposa, mas pediu que o autor do crime se entregue à polícia. (Imagem: Youtube / Reprodução)

O marido de uma instrutora fitness que foi assassinada em uma igreja do Texas (EUA) no mês passado disse que está disposto a perdoar o assassino de sua esposa, caso o autor do crime se entregue à polícia.

"Por mais estranho que pareça, eu posso verdadeiramente te perdoar pelo que você fez. Mas só se você se render", disse Brandon Bevers em uma mensagem ao assassino de sua esposa, Terri "Missy" Bevers, de acordo com a Fox 4 News.

Ele disse que a coisa certa a fazer na situação do assassino é se render.

"Entregue-se. Faça o que é certo. Não viva o resto de sua vida com isto em seu coração, porque isto vai te corroer como um câncer. O mesmo se aplica à minha família. Precisamos acabar com isso, senão também vai nos corroer vivos por muitos anos", disse Bevers.

Aos 45 anos, Terri foi encontrada morta, com várias perfurações na cabeça e no peito, dentro da Igreja de Cristo, em Creekside, Midlothian, Texas (EUA), na tarde de 18 de abril (2016).

Um vídeo registrado pelas câmeras de vigilância mostraram o suspeito vestindo uma farda da força tática policial e empunhando um martelo.

Bevers disse: "De uma forma estranha, eu sou grato pela atenção que este caso acabou recebendo. Mas não deixa de ser algo que aconteceu na casa de Deus e isso é muito preocupante".

De acordo com o Departamento de Polícia de Midlothian, o suspeito - ainda não se sabe se foi um homem ou uma mulher - tem entre entre 1,60 e 1,70 de altura. A polícia também compartilhou uma foto de um carro, modelo Nissan Altima, que foi visto circulando pela área na manhã do assassinato.

Bevers disse que ele não faz ideia se o assassinato foi motivado por questões de negócios ou ciúme.

"Eu praticamente esgotei todos os cenários e todos os caminhos pelos quais eu posso pensar, para imaginar quem poderia ter feito isso", disse ele.

As empresas locais SWFA (Outdoors) e Oak Farms Dairy ofereceram cerca de 10.000 dólares cada, como recompensa para quem fizer a denúncia do autor do crime.

Bevers disser que suas três filhas estão bem, apesar do trauma da perda da mãe. A polícia questionou alguns homens sobre seus relacionamentos com Terri.

A polícia disse que a família, amigos de Terri ou colegas de trabalho não são considerados suspeitos, mas Bevers disse que não isso quer dizer que eles que estejam "100% limpos".

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame