Mais de 80 estudantes foram possuídos por espíritos malignos no Peru

Uma das alunas afetadas relatou que viu um homem alto barbudo, vestido todo de preto e que tentava estrangulá-la. Um fato intrigante é que outras vítimas também alegaram ter visto a imagem do mesmo homem.

Fonte: Guiame, com informações de Christian TodayAtualizado: sexta-feira, 20 de maio de 2016 16:42
Os alunos tem sido vítimas de convulsões, delírios e desmaios desde o dia 29 de abril. (Foto: CEN)
Os alunos tem sido vítimas de convulsões, delírios e desmaios desde o dia 29 de abril. (Foto: CEN)

Mais de 80 estudantes, entre 11 e 14 anos de idade, foram supostamente possuídos por espíritos malignos no colégio Elsa Perea Flores, em Tarapoto, ao norte do Peru.

Os alunos tem sido vítimas de convulsões, delírios e desmaios desde o dia 29 de abril. Inicialmente, a mídia local informava que os estudantes estavam sendo atacados por uma “doença contagiosa”. Segundo relatos, casos assim acontecem na escola até hoje.

De acordo com o médico Antony Choy, sua equipe ainda não encontrou razões científicas que expliquem a causa do comportamento dos alunos.

"Nós não entendemos como isso tem continuado. Sabemos que começou no dia 29 de abril e ainda está acontecendo. Agora, cerca de 80 alunos estão sendo afetados", disse Choy ao site The Mirror.

Uma das alunas afetadas relatou que viu um homem alto barbudo, vestido todo de preto e que tentava estrangulá-la. Um fato intrigante é que outras vítimas também alegaram ter visto a imagem do mesmo homem.

Os pais das crianças acreditam que elas foram possuídas por espíritos malignos. "Ela desmaiou na escola", disse uma das mães ao descrever a condição de sua filha. "Eles não disseram nada no hospital. Ela simplesmente desmaiou. Ela continua cuspindo espumas de sua boca."

Uma das alunos que passou pela experiência relatou a terrível sensação. "É perturbador para mim pensar sobre isso. É como se alguém continuasse me perseguindo. Era um homem alto, vestido de preto e com uma barba grande. Parecia que ele estava tentando me estrangular", disse ela.

"Meus amigos dizem que eu estava gritando desesperadamente, mas eu não me lembro muito", acrescentou a garota.

Outra menina, de 13 anos, teve a mesma visão do homem de preto. "Várias crianças de diferentes salas desmaiaram ao mesmo tempo. Eu tive náuseas e comecei a vomitar. Eu ouvi vozes. Um homem de preto estava me perseguido e queria me tocar", disse ela ao The Mirror.

Franklin Steiner, um parapsicólogo que investiga fenômenos paranormais e psíquicos, o caso está relacionado com o passado do local onde a escola foi construída.

"Sabe-se que anos atrás, havia muitas vítimas do terrorismo aqui. Quando esta escola foi construída, alguns dizem que ossos e corpos foram encontrados", explicou.

Assista:

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame