Léo Moura se revolta com Jesus crucificado na Parada Gay: 'Quanto deboche!'

Evangélico, o jogador postou no Instagram a foto de uma pessoa crucificada na Avenida Paulista, com os dizeres "Basta de Homofobia" e escreveu um texto criticando a falta de respeito.

Fonte: Guiame, com informações de Globo Esporte e G1Atualizado: segunda-feira, 8 de junho de 2015 12:10

 

Um dos participantes da Parada Gay satirizou Jesus crucificado e causou indignação no jogador de futebol Léo Moura.

Evangélico, o lateral-direito do Fort Lauderdale Strikes postou no Instagram a foto de uma pessoa crucificada na Avenida Paulista, com os dizeres "Basta de Homofobia". Diante disso, Moura escreveu um texto falando sobre a falta de respeito e deboche, em tom de desabafo.

"Que tristeza ver essa imagem! Que Jesus tem com isso? Quanto deboche! Quanta falta de respeito, meu Deus! Tenho muitos amigos gays, adoro todos e respeito a opção de cada um, não vamos generalizar, mas desrespeitar quem 'deu a vida por você'. Já passou dos limites! Muito triste isso... Onde vamos parar com isso? Quem fez isso trate de pedir perdão a Jesus... #omundoestaacabando", escreveu o ex-jogador do Flamengo.

Rapidamente, a postagem levantou um debate. A maioria dos seguidores do jogador defendeu seu ponto de vista, enquanto outros levaram para o lado da piada.

"Triste mesmo essa imagem!", disse um seguidor do lateral. "Pedem respeito, mas não respeitam. Verdadeira hipocrisia!", respondeu outro.

"Podiam ter colocado Eurico Miranda, né?", brincou outro internauta.

 

 

Parada Gay

A 19ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) aconteceu neste domingo (7), na Avenida Paulista, capital de São Paulo. Com 18 trios elétricos, o evento começou às 10h em frente ao Masp e terminou por volta das 20h. Furtos, brigas e bombas de efeito moral também marcaram o evento.

Às 19h, o coronel José Eduardo Bexiga, coordenador da operação da Polícia Militar na parada, afirmou que a corporação não estimou o público do evento. Os números podem ser divulgados na manhã de segunda-feira (8). Segundo a organização da Parada, por meio de sua assessoria de imprensa, cerca de dois milhões de pessoas participaram da festa. O número foi superficialmente baseado na quantidade de pessoas presentes na festa do Ano Novo na Avenida Paulista.

Ao todo, a Prefeitura gastou R$ 1,3 milhão na estrutura do evento. 

Siga-nos

Mais do Guiame