Igreja evangélica é atacada e Bíblias são queimadas na França

Os membros não sabem quem foi o autor do ataque, mas oram para que encontrem Cristo.

Fonte: Guiame, com informações do Evangelical FocusAtualizado: quarta-feira, 11 de agosto de 2021 17:59
A marquise usada para os cultos foi destruída e todas as Bíblias queimadas. (Foto: Igreja Vie et Lumière)
A marquise usada para os cultos foi destruída e todas as Bíblias queimadas. (Foto: Igreja Vie et Lumière)

Uma igreja evangélica foi recentemente vandalizada em Marselha, no sul da França. A tenda onde aconteciam os cultos foi rasgada e todas as Bíblias foram queimadas.

Os danos à igreja evangélica Vie et Lumière (“Vida e Luz” em português) foram vistos primeiramente por um vizinho da igreja, que também é membro.

“Eles me ligaram para dizer que a marquise tinha caído. Tinha chovido muito nos últimos dias, então achei que o chão tinha amolecido”, disse François Santiago, pastor da igreja. “O dano provavelmente foi feito no dia anterior. Não sabemos quem fez isso e não entendemos [o porquê]”.

A marquise foi erguida em junho por motivos de segurança da Covid-19, para ter um maior distanciamento físico entre os membros, em um local mais arejado.

“É uma tenda de circo que já temos há 30 anos. Ver as Bíblias queimadas não é legal. É vandalismo, está tudo quebrado”, disse Laurent Castagna, tesoureiro da igreja.

Orando pelos agressores

Há três anos, as instalações da igreja no mesmo terreno já haviam sido incendiadas. “Eles quebraram uma janela e colocaram fogo nela. Mas os sifões das pias esquentaram tanto que explodiram e a água apagou o fogo”, lembra Castagna.

Agora é hora de reconstruir o templo para as cerca de 100 pessoas que frequentam a igreja. Para continuar impedindo a contaminação entre os fiéis, o pastor quer continuar fazendo as reuniões ao ar livre.

“Pedimos a Deus que ilumine essas pessoas. Jesus nos diz para amar nossos inimigos e orar por aqueles que nos perseguem. Oramos a Deus pedindo: 'Que encontrem Cristo'”, concluiu o pastor Santiago.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame