Holanda teve quase 7.000 mortes por eutanásia em 2020

No ano da pandemia, o país teve o maior número mortes assistidas desde que a prática foi legalizada, há duas décadas.

Fonte: Guiame, com informações do Evangelical FocusAtualizado: segunda-feira, 7 de junho de 2021 13:45
A família e o médico Sjef Boesten (com estetoscópio) se reúnem enquanto a vida de Siep Pietersma se esvai (Foto: Mona van den Berg)
A família e o médico Sjef Boesten (com estetoscópio) se reúnem enquanto a vida de Siep Pietersma se esvai (Foto: Mona van den Berg)

Em 2020, mais pessoas morreram devido à eutanásia na Holanda. De acordo com estatísticas dos Comitês Regionais de Revisão da Eutanásia (RTE em holandês), um número total de 6.938 pediram eutanásia (que inclui tanto "morte por pedido" quanto "suicídio assistido") e morreram por meio de procedimento médico, legalizado há duas décadas no país.

O número não é apenas o mais alto desde a aprovação da lei em 2002, mas também representa um aumento acentuado de 9% desde 2019.

De acordo com o RTE, cerca de 5.000 pacientes que pediram eutanásia sofriam de câncer e a “grande maioria” era composta por idosos.

Em declarações ao jornal holandês Trouw, o presidente da RTE afirmou, “os números enquadram-se num desenvolvimento maior (…) Cada vez mais gerações veem a eutanásia como solução para um sofrimento insuportável”.

Idosos com câncer

Essa mudança no pensamento da população é confirmada pelas estatísticas. A eutanásia tem aumentado continuamente, com a única exceção de 2018.

De acordo com o último relatório anual publicado no site da RTE, um pouco mais homens do que mulheres (52% a 48%) pedem eutanásia na Holanda e - após o câncer - doenças neurológicas e doenças cardiovasculares são a segunda e a terceira doenças sofridas por aqueles que iniciam o procedimento de eutanásia. Os transtornos mentais representam pouco mais de 1% dos casos.

De acordo com as estatísticas oficiais, as pessoas com idade entre 70-79 anos representam um terço dos requerentes de eutanásia, seguidas por pessoas com idades entre 80-89 (um quarto) e 60-69 (um quinto). Nenhum menor de 12 a 17 anos morreu por eutanásia em 2019.

Em 2020, um número total de 162.000 pessoas morreu na Holanda, 15.000 a mais do que o esperado, principalmente por causa da pandemia de Covid-19. As mortes por eutanásia representaram 4,3% do número total.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame