Funcionários cantam “Porque Ele Vive” ao mostrar ala de Covid-19 vazia pela primeira vez

Na sexta-feira (16), a última paciente recebeu alta da enfermaria de Covid-19 do Hospital Municipal de Emergência.

Fonte: Guiame, com informações do G1Atualizado: segunda-feira, 19 de julho de 2021 14:03
Funcionários louvam a Deus e mostram alas de Covid vazias. (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem Guiame)
Funcionários louvam a Deus e mostram alas de Covid vazias. (Foto: Reprodução/Facebook/Montagem Guiame)

A enfermaria de Covid-19 do Hospital Municipal de Emergência (HME) está vazia pela primeira vez desde o início da pandemia, em Resende, no interior do Rio de Janeiro. 

Na sexta-feira (16), a última paciente, Dona Ana Maria, recebeu alta da unidade médica.

Os funcionários do hospital celebraram o avanço através de um vídeo, onde mostram os leitos vazios da ala de Covid-19 no HME. Enquanto mostram a unidade sem pacientes, eles cantam a música “Porque Ele Vive” e seguram cartazes com mensagens de fé e esperança.

O prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, comemorou o acontecimento nas redes sociais. “Após um ano e meio, a ala está completamente vazia, sem nenhum paciente com a doença”, disse ele.

“Claro que isso pode mudar a qualquer momento, mas é a primeira vez, desde o início da pandemia que isso acontece!”, acrescentou Diniz. “Vamos continuar lutando e não deixe de se vacinar! Só assim, vamos conseguir vencer essa doença!”

Segundo informações do G1, quase 50% da população de Resende foi vacinada com a primeira dose e outros 20% receberam a imunização completa. Atualmente, estão sendo vacinados moradores na faixa dos 37 anos.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame