Estado Islâmico planeja transformar igreja história do Iraque em uma mesquita

Segundo representante do grupo de defesa das minorias religiosas, a transformação de igrejas cristãs em mesquitas é a prova de que o EI está empenhado em exterminar ou expulsar os cristãos daquela região.

Fonte: Guiame, com informações do Christian Head LinesAtualizado: quarta-feira, 10 de junho de 2015 20:04
Militante do Estado Islâmico vandaliza igreja cristã, retirando cruz de parte de seu edifício
Militante do Estado Islâmico vandaliza igreja cristã, retirando cruz de parte de seu edifício

O Estado Islâmico anunciou seus planos para transformar uma igreja histórica em Mosul (Iraque) em mesquita para os seus militantes. Segundo relatos do 'Christian Today', o grupo terrorista fixou avisos em torno da cidade, informando os cidadãos sobre a mudança.
 
O grupo terrorista também começou transformar a Igreja Ortodoxa Síria de Santo Efrém em uma mesquita. A cruz da igreja já foi removida, juntamente com sua mobília e os demais símbolos cristãos. O edifício também foi coberto com o slogan do EI, que diz 'Não há deus senão Alá'.
 
Representante do grupo de defesa das minorias religiosas, Nuri Kino disse que a transformação de igrejas cristãs em mesquitas é a prova de que o EI está empenhado em exterminar ou expulsar os cristãos daquela região.
 
"Se eles transformaram uma igreja em uma mesquita é mais uma prova de sua 'operação de limpeza étnica' - algo que muitos chamam de genocídio. Eles destroem nossos artefatos, nossas igrejas e tentam apagar-nos de qualquer forma que puderem", disse ele.

Mosul está sob controle do Estado Islâmico desde o meio do ano passado (2014). O grupo terrorista forçou todos os cristãos a abandonarem a cidade, quando emitiu regras, nas quais os cristãos teriam que se convertem ao Islã, fugir da cidade ou seriam mortos "pela espada". Os cristãos já habitavam a cidade há mais de 2.000 anos.

 

Siga-nos

Mais do Guiame