“Ele fez coisas grandiosas”: Jogadores do Palmeiras dedicam título a Deus

A vitória da Conmebol Libertadores foi marcada pela fé dos jogadores do Palmeiras.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: segunda-feira, 29 de novembro de 2021 12:55
Jogadores Felipe Melo, Weverton e Raphael Veiga. (Foto: Instagram/Cesar Greco/SE Palmeiras/CONMEBOL Libertadores)
Jogadores Felipe Melo, Weverton e Raphael Veiga. (Foto: Instagram/Cesar Greco/SE Palmeiras/CONMEBOL Libertadores)

A conquista do terceiro título da Libertadores pelo Palmeiras foi marcada não só pelo desempenho em campo, mas pelas declarações de fé de jogadores que foram decisivos na vitória de 2 a 1 contra o Flamengo, em Montevidéu.

Em entrevista a repórteres após a partida, o goleiro Weverton deu glória a Deus pelo tri: “Deus fez a obra neste lugar. E antes de começar qualquer coisa, eu queria dizer: Louve ao Senhor! Louve a Deus porque Ele fez coisas grandiosas nesse lugar para nós. Invoque o nome de Deus para que todos saibam o quanto Deus é bom e o que Ele fez hoje aqui por nós foi lindo.”

Weverton reconheceu que os jogadores batalharam, “mas se não fosse a graça e a misericórdia de Deus, que nos deu o talento e a capacidade de ser tricampeão da América”, eles não teriam entrado para a história do Palmeiras.

“Eu não tenho outra coisa a dizer, se não: Louve ao Senhor porque Ele é bom e a Sua misericórdia dura para sempre!”, declarou o goleiro.

Pouco antes da partida, o jogador Felipe Melo, capitão do Palmeiras na conquista da Libertadores, compartilhou uma palavra de fé com seus colegas de equipe ainda no vestiário.

“Deus me deu uma palavra na Bíblia de Josué. Ele foi um líder levantado por Deus para conquistar Jericó. E Jericó tinha umas muralhas altíssimas, era impossível conquistar Jericó. E sabe o que Deus falou a Josué? Chegue lá e dê seis voltas, na sétima volta, dê um brado de vitória, que Eu vou fazer. Nós jogamos seis jogos desde as oitavas de final até agora, e hoje na sétima volta, nós vamos conquistar a nossa Jericó!”, disse Melo.

O meia Raphael Veiga, autor do primeiro gol do Palmeiras, reconheceu nas redes sociais que esta vitória é reflexo do favor de Deus sobre sua vida.

“Às vezes paro pra pensar o porquê estou vivendo tudo isso? E a real é que só consegui encontrar uma resposta: O FAVOR DE DEUS sobre minha vida. Nunca fui unanimidade na base, nunca me viram como alguém que pudesse viver tudo isso… E de verdade, muitas vezes até eu duvidei… Porém, passei a crer, não em circunstâncias ou sentimentos, mas naquilo que Deus diz a meu respeito”, disse Veiga.

“E Ele diz: ‘Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós’”, acrescentou o meia. “Deus sempre é bom e não pelo título, e sim por contrariar as estatísticas da minha vida. Ele usa as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias, usa as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes, por isso eu digo… Deus é bom!”

O atacante Deyverson, que marcou o gol da vitória, também agradeceu a Deus pelo título. “Nem nos meus maiores sonhos imaginei viver um dia como esse. Fazer o gol do título pelo meu clube do coração! Glória a Deus por me permitir viver a Libertadores pelo Verdão!”, celebrou.

Siga-nos

Mais do Guiame