Bolsonaro confirma a ministros indicação de André Mendonça ao STF

André Mendonça deve preencher a vaga do ministro Marco Aurélio, que irá se aposentar no dia 12 de junho.

Fonte: GuiameAtualizado: terça-feira, 6 de julho de 2021 17:15
Presidente Jair Bolsonaro durante a posse de André Mendonça no Ministério da Justiça e Segurança Pública. (Foto: Carolina Antunes/PR)
Presidente Jair Bolsonaro durante a posse de André Mendonça no Ministério da Justiça e Segurança Pública. (Foto: Carolina Antunes/PR)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a indicação do ministro André Mendonça, da Advocacia-Geral da União, para o Supremo Tribunal Federal (STF). Sua fala foi feita a ministros durante reunião ministerial na manhã desta terça-feira (6) no Palácio da Alvorada.

“Todos sabem que é minha vontade”, disse Bolsonaro, segundo o jornal O Globo.

A informação de que Bolsonaro afirmou que indicará Mendonça para a corte também foi confirmada em relatos feitos à Folha de S. Paulo. Já a CNN Brasil informou que, logo depois do anúncio, Mendonça fez um discurso de agradecimento ao presidente e aos colegas de governo. 

O nome de André Mendonça deve ser encaminhado para o Senado na segunda quinzena de julho. A vaga será aberta com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio no dia 12, que completa a idade limite de 75 anos.  

O presidente já havia mencionado, em diversas ocasiões, que escolheria um ministro evangélico para o STF.  André é pastor da Igreja Presbiteriana Esperança de Brasília.

De acordo com a Folha, o nome de Mendonça é bem visto por pastores, apoiadores do governo e pela base de Bolsonaro no Legislativo. 

Em abril de 2020, André Mendonça chegou a ser nomeado por Bolsonaro para ocupar a vaga deixada por Sergio Moro no Ministério da Justiça e Segurança Pública. No final de março de 2021, retornou ao cargo de advogado-geral da União.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame