Atriz de ‘Pantera Negra’ se voltou para Deus após perceber que idolatrava a carreira

Letitia Wright teve que interromper todos os seus trabalhos, após perceber que sua carreira estava se tornando um ídolo em seu coração.

Fonte: Guiame, com informações de The Christian PostAtualizado: terça-feira, 20 de fevereiro de 2018 18:47
Letitia Wright interpretou Shuri no filme “Pantera Negra”. (Foto: Marvel Entertainment)
Letitia Wright interpretou Shuri no filme “Pantera Negra”. (Foto: Marvel Entertainment)

A atriz Letitia Wright, que viveu a personagem Shuri no filme “Pantera Negra”, passou por uma fase onde teve que interromper todos os seus trabalhos, após perceber que sua carreira estava se tornando um ídolo e tomando o lugar de Deus em seu coração.

Antes de assumir um papel no filme da Marvel, a atriz britânica nascida em Guiana atuou em filmes como “O Passageiro” e “Urban Hymn”, além das séries produzidas no Reino Unido “Top Boy”, “Doctor Who” e “Humans”.

No entanto, Wright percebeu que tinha que dar uma pausa nos trabalhos e se concentrar em sua fé. “Eu estava passando um momento muito, muito difícil na minha vida e precisei fazer uma pausa na atuação, porque eu realmente idolatrei isso”, ela revelou no programa de TV britânico “This Morning”.

“Então eu saí de lá e comecei uma jornada para descobrir Deus, meu relacionamento com Deus, e me tornei cristã”, a atriz conta. “Isso realmente só me encheu de amor e luz. Eu me senti segura e senti que não precisava de aprovação de ninguém. Minha felicidade não era mais dependente disso, era dependente do meu relacionamento com Deus”.

Hoje, a atriz reconhece que não é perfeita, mas está concentrada em quem ela realmente é. “Especialmente como cristão, você não é perfeito. Mas você está caminhando todos os dias, tentando permanecer conectado. Isso me ajudou bastante, então sou muito agradecida”.

Até mesmo nos bastidores de Pantera Negra, os testemunhos de fé eram assuntos em comum entre os atores, segundo a atriz Sope Aluko, que interpretou Shaman no longa.

“Durante os intervalos, nós compartilhamos nosso testemunho de como chegamos onde estamos e a maioria das pessoas testemunharam os milagres de Deus, era quase como uma igreja”, disse Aluko ao site OkayAfrica.

“Eu estava muito familiarizada e me sentindo em casa. Éramos chamados para trabalhar muito cedo, mas eu nem sequer sentia as longas horas dos bastidores, porque foi um tempo muito bom”, acrescentou a atriz.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame