Ator Danny Trejo diz que sua fé o tirou das drogas e crimes: “Sem Deus, você está morto”

Livre das drogas há mais de 50 anos, o ator diz que sua fé em Deus é o motivo de sua transformação.

Fonte: Guiame, com informações da Fox NewsAtualizado: quarta-feira, 21 de julho de 2021 12:45
Danny Trejo teve uma vida difícil antes de chegar a Hollywood. (Foto: CBS)
Danny Trejo teve uma vida difícil antes de chegar a Hollywood. (Foto: CBS)

Danny Trejo percorreu um caminho difícil antes de iniciar sua carreira em Hollywood. O ator de 77 anos, conhecido por seus papéis de criminosos, entrou e saiu da prisão várias vezes na década de 1960, quando estava envolvido nas drogas e roubos à mão armada.

Sóbrio há mais de 50 anos, ele tem usado sua experiência para ajudar detentos e viciados em drogas e não deixa de falar sobre o motivo de sua transformação: sua fé em Deus.

Ele conta sua história no livro “Trejo: Minha Vida do Crime Redenção e Hollywood” (em tradução livre), lançado recentemente.

Em entrevista à Fox News, Trejo revela que fumou maconha pela primeira vez aos 8 anos de idade, passou a beber aos 12 e tornou-se viciado em heroína na adolescência, passando também pelas prisões mais notórias dos Estados Unidos. 

O ator diz que parou de usar drogas um ano antes de sua saída da prisão, que aconteceu em 1969. “Parecia que me saí melhor, mas ainda faltava alguma coisa…”, disse. “Mas eu tive que fazer isso. Eu tinha que ficar limpo. Eu não teria chegado a este ponto da minha vida se não tivesse dado esse passo. Eu teria permanecido a mesma pessoa.”

Em 1968, quando decidiu parar de usar drogas, Trejo conta que fez um “trato com Deus”. “Eu disse: ‘Se o Senhor me deixar morrer com dignidade, direi seu nome todos os dias. E farei tudo o que puder pelos meus companheiros de prisão’. Nunca pensei que sairia da prisão. E Deus me deixou sair da prisão”, conta. 


Danny Trejo em palestra aos presos nos EUA. (Foto: Organic via BBC)

Ele continua: “Eu saí em 23 de agosto de 1969. Tenho que dizer que com Deus nada pode te fazer mal. Tudo é possível. Sem Deus, você está morto. E eu sei onde eu estaria sem a fé que tenho”.

Seu caminho improvável para a fama começou quando ele recebeu uma oferta como boxeador no filme “Trem em Fuga”, de 1985. O ex-criminoso viu sua vida ser transformada e passou a conviver com estrelas. Ele acumulou mais de 380 créditos no cinema e na televisão, e também se tornou um empresário de sucesso.

O ator também compartilha como tem sido seu relacionamento com Deus e porque tem se dedicado a continuar visitando presídios e realizando palestras para criminosos.

“Acordo todas as manhãs e digo: ‘Querido Pai celestial, por favor, me deixe ajudar quem eu puder. Eu direi seu nome todos os dias e farei o que puder’. E tem funcionado. Ele cumpriu seu acordo. Estou vivendo para cumprir o meu. Até perguntei a Deus alguns dias atrás: ‘Como estou indo?’ Ele disse: ‘Trejo, você está indo muito bem. Continue assim. Você está quase fora do inferno’”, acrescentou, rindo.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame