Ano novo judaico (Rosh Hashaná) se inicia ao pôr do sol deste domingo (13)

Para as celebrações de ano novo, serão dados também dois dias de férias (segunda e terça-feira), porém o período de festas terá 10 dias, concluindo-se no dia do perdão ('Yom Kipur').

Fonte: Guiame, com informações da AL / RecordAtualizado: domingo, 13 de setembro de 2015 11:48

A comunidade judaica em todo o mundo vive um tempo de celebração. Neste dia 13 de setembro, ao pôr do sol, será marcada a chegada do ano novo ('Rosha Hashaná'), segundo o seu calendário. Além disso, em 2015, este novo ano está associado ao Shemitá - o fechamento de um ciclo de sete anos.

Para as celebrações de ano novo, serão dados também dois dias de férias (segunda e terça-feira), porém o período de festas terá 10 dias, concluindo-se no dia do perdão ('Yom Kipur').

Se traduzido, o termo hebraico "Rosh Hashaná" quer dizer "cabeça do ano".

Cultos de celebração da passagem serão realizados, não somente em Israel, mas em sinagogas de todo o mundo, desde deste domingo até a próxima terça-feira.

Para os adeptos da fé judaica, neste domingo, ao pôr do sol começará um período especial. Normalmente, "judeus se planejam para o próximo ano, também se arrependem de seus pecados e pedem perdão àqueles para quem agiram com injustiça", de acordo com o site ibtimes.com.

Normalmente, o Rosh Hashaná cai entre o Dia do Trabalho e Dia de Colombo a cada ano.

Se você quiser saber como os da fé judaica celebrar Rosh Hashaná confira neste vídeo abaixo uma matéria feita em 2014 pelo Jornal da Record:

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame