Watchman Nee

Watchman Nee

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:32

Watchman Nee foi um influente líder cristão chinês no período anterior ao regime comunista. Nee converteu-se a Cristo aos 18 anos de idade quando era aluno da Faculdade Trinity em Fu Tchow, preferindo ser evangelista a ter carreira universitária. Após a sua conversão mudou seu nome de Nee Shu-tsu para Nee To-sheng, pois havia um costume local de que sempre que acontecia um evento que mudasse uma pessoa, esta pessoa mudava de nome,no caso de Nee, foi sua conversão ao Cristianismo.Depois de ter sido levantado pelo Senhor para realizar Sua missão, ele adotou um novo nome em inglês "Watchman" (Sentinela) e um novo nome chinês "To-sheng", o qual significa "alarme de sentinela", porque ele se considerava como uma sentinela levantada para soar um alarme na noite escura.

Inicialmente trabalhou com a Igreja Metodista, porém, descontente com as igrejas denominacionais, Nee começou a restauração da Igreja segundo as Sagradas Escrituras.

A congregação de Nee em Xangai logo cresceu, chegando a ter 3000 membros, obrigando-o a realizar algumas mudanças ? ele dividiu a igreja em 15 grupos familiares. Apelidado de "Little Flock" ("Pequeno Rebanho"), cada grupo familiar, centrado no evangelismo, consistia de até 200 membros. Na década de 1940 havia 470 grupos afiliados à igreja de Xangai.

Em 1941, com a ocupação de Xangai pelos japoneses, foram impostas restrições sobre os membros da igreja e as finanças foram reduzidas antecipando o que ainda estava por vir. Nee e seu irmão estabeleceram uma empresa farmacêutica para ajudar a complementar as necessidades financeiras da igreja.

Em 1949 o Partido Comunista Chinês derrubou o governo nacionalista e proclamou a República Popular da China. No começo, a igreja ficou esperançosa com o novo governo, mas após dois anos a situação começou a mudar quando os comunistas revelaram os seus planos de controlar a igreja.

Durante esse tempo, os grupos familiares resistiram bravamente a se unir à Igreja Cristã Nacional (sob o controle do governo comunista), considerada como uma organização fantoche. Milhares dos seus membros foram mortos ou feitos prisioneiros. Freqüentemente infiltrada por informantes comunistas, as igrejas eram forçadas a realizar reuniões para encorajar a auto-crítica e a reforma. Os pastores foram acusados de capachos dos estrangeiros e Nee logo foi acusado de liderar um grande sistema secreto que distribuía veneno anti-revolucionário.

Em 1952 Nee foi preso e submetido a quatro anos de "reeducação". Antes de ser preso, ele ajudou a organizar várias igrejas subterrâneas.

Em 1956 ele outros da membros da igreja foram a condenados a quinze anos de na Primeira Prisão Municipal de Xangai.

Ele deveria ter sido posto em liberdade em 1967, durante a Revolução Cultural, mas teve a sentença ampliada, e o governo deu início a outro ataque furioso contra a igreja. Os cultos foram interrompidos e todos os edifícios religiosos deveriam ser "secularizados". Os comunistas prometeram libertar Nee se ele concordasse em não voltar a pregar. Nee não aceitou e foi transferido para outra prisão onde acabou morrendo. Conta-se que Watchman Nee foi proibido de até mesmo escrever enquanto estava na prisão, como não obedeceu, teve suas mãos cortadas, passando a escrever com os pés até que o matassem.

Nee foi um líder cristão extraordinário, cuja visão de uma igreja nacional na China preparou os crentes para a perseguição sob o comunismo. Seus escritos foram traduzidos em vários idiomas, inclusive o português, e estão sendo impressos até hoje. Adaptado de 70 Great Christians (70 Grandes Cristãos) de Geoffrey Hanks.,

Fonte : Wikipédia

Postado por Nany de Castro

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame