“Precisamos estar preparados para quem questionar a razão da nossa fé”, diz pastor

Pastores e cientistas esclareceram os principais conflitos da jornada acadêmica no Encontro Nacional de Universitários, que foi realizado no último fim de semana.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: segunda-feira, 31 de julho de 2017 20:53
Pastor Junior Mendes, responsável pelo Encontro Nacional de Universitários. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)
Pastor Junior Mendes, responsável pelo Encontro Nacional de Universitários. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

Pastores e cientistas esclareceram os principais conflitos da jornada acadêmica aos jovens que estiveram reunidos no Encontro Nacional de Universitários, que foi realizado no último fim de semana em Sumaré, no interior paulista.

Explorando o tema “A Razão da Fé”, o encontro contou com pastores e cientistas renomados na área acadêmica, como Adauto Lourenço, Everton Alves, Michelson Borges e a missionária Andréa Vargas.

Na abertura do evento, o pastor Airton Dias, professor doutor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), contextualizou a realidade enfrentada pelos jovens cristãos no mundo acadêmico.

“A aula pode começar com um enfático ‘Deus Não Existe’, e quem pensa ao contrário disso é um ignorante. Seus pensamentos voam porque talvez você seja um dos ignorantes. Afinal, sua crença não avançou tanto como a ciência. Você ainda acredita em Deus”, observou.


Airton Dias, professor doutor da Universidade Federal de São Carlos. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

“Afinal, o que dizer de um Deus que pode equilibrar o universo na ponta dos dedos? Cada segundo que eu penso ter encontrado uma resposta, sou lembrado: antes que meu corpo tivesse forma, o Senhor me conhecia. Enquanto eu continuo me perguntando quem sou e porquê existo, Ele rapidamente me responde que Nele nos movemos, vivemos e existimos”, acrescentou Airton .

O pastor Hermes Brito, presidente da Igreja Adventista da Promessa, observou que houve uma época em que a Igreja não conseguiu dialogar com a ciência, que acabou prevalecendo “A ciência se estabeleceu e prevaleceu um pressuposto sobre o enfático ‘Deus não existe’”, destacou.

“Passado tantos anos, o pressuposto da ciência não prevaleceu. Nosso Deus é um Deus que tem interesse em se revelar aos homens, mas esconde o seu nome. Ele é eternamente conhecido e ainda hoje toca corações de homens e mulheres do nosso século se apresentando como ‘Eu Sou’”, acrescentou Brito.


Pastor Hermes Brito, presidente da Igreja Adventista da Promessa. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

O pastor ainda ressaltou que a razão da fé é Jesus. “Só Nele encontramos resposta para todas as coisas. Mesmo para aqueles que optaram pelo pressuposto de que Deus não existe, Deus dá sol, ar e alimento todos os dias. Não há teoria que possa vencer a verdade da palavra de Deus”.

Com base no trecho bíblico de 1 Pedro 3:15, o pastor Junior Mendes, responsável pela organização do evento, afirma que estamos entrando em um tempo onde precisamos estar preparados para responder quem pedir a razão da nossa fé.

“Talvez a resposta da razão da sua fé seja o amor a Jesus. Mas nesse texto, Pedro não está falando das motivações internas, mas da lógica que há em uma fé que se mantém mesmo em meio aos sofrimentos”, disse o pastor.

Os momentos de louvor foram conduzidos por Paulo César Baruk, Banda Geração Metanoia e MC'Onário e J. Freaks.


Encontro Nacional de Universitários reuniu jovens de todo o Brasil. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)


Paulo César Baruk e banda no Encontro Nacional de Universitários. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa)

Siga-nos

Mais do Guiame