Piloto aceita Jesus após sobreviver a queda de avião que matou sua família

Joe Townsend perdeu a esposa e duas filhas em um acidente de avião, mas foi alcançado por Deus enquanto se recuperava no hospital.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: sexta-feira, 17 de setembro de 2021 15:12
O piloto Joe Townsend foi encontrado por Deus no momento mais difícil. (Foto: The 700 Club)
O piloto Joe Townsend foi encontrado por Deus no momento mais difícil. (Foto: The 700 Club)

O piloto Joe Townsend estava conduzindo um avião de pequeno porte com sua esposa, Kelly, e as duas filhas, Laura e Tara, na volta das férias nos EUA. Até que, pouco depois da decolagem, a aeronave teve problemas no motor e perdeu potência.

O chefe dos bombeiros, Sheldon Conger, foi o primeiro a chegar no local do acidente. “Não parecia que tinha sobreviventes”, disse ao 700 Club. Os bombeiros ouviram o choro de uma criança e perceberam que o piloto estava vivo.

Com o impacto, a testa de Joe colidiu com o painel de instrumentos. O botão do horizonte artificial rompeu seu crânio, danificando as áreas do cérebro que controlam as habilidades motoras e o equilíbrio — o impedindo de ver ou se mover.

“Nós colocamos ele na ambulância e estava nas mãos de Deus”, lembra Russell, outro bombeiro.

Joe teve diversos ferimentos: sua perna esquerda foi quebrada em três lugares e seu braço direito teve um corte profundo, quando ele estendeu a mão para proteger sua filha. Durante a queda, os tornozelos de Joe se separaram e ambas as rótulas foram quebradas.

Joe e sua filha mais nova, Tara, foram levados às pressas para o Hospital Memorial Phoebe Putney, na Geórgia. Tara morreu na cirurgia. Joe sofreu uma parada cardíaca, um derrame e entrou em coma por dez dias. Quando despertou, teve que lidar com a dor profunda do luto.

“Aquele foi o pior dia da minha vida”, lembra Joe. “Era como se uma faca estivesse no meu peito, girando. Então eu clamei: 'Senhor, me ajuda'. E, surpreendentemente, 30 segundos depois de gritar — senti paz.”

Encontro com Deus no hospital

Joe ficou internado para se recuperar e aos poucos foi voltando a enxergar e andar. Durante a recuperação, ele recebeu a visita do vizinho, Mark, um cristão comprometido. 

Ele perguntou a Joe: “Você gostaria de ver Kelly e as meninas de novo?”, que respondeu que sim. Então o vizinho prosseguiu: “Há uma maneira fácil de fazer isso. Aceite Jesus em seu coração e então você poderá vê-las novamente quando chegar a hora”.

“E foi isso o que eu fiz”, disse Joe.


O piloto Joe Townsend e sua esposa, Kelly, e as duas filhas, Laura e Tara. (Foto: The 700 Club)

Os dias seguintes não foram fáceis para Joe, que enfrentou uma depressão profunda. “Então, orei para que o Senhor me levasse”, disse Joe. “E eu fiz isso por algumas semanas. Depois de algumas semanas, ainda estou aqui. E eu disse: ‘Tudo bem, se o Senhor não me levar, me deixe aqui e eu tentarei fazer o melhor que eu puder'. Minha fé recém-descoberta me ajudou a superar as provações que tive de passar.”

No ano seguinte, Joe deixou a cadeira de rodas e o andador e passou a usar bengala. Logo, ele conseguiu andar novamente por conta própria. “Sinto que meu corpo está curado por causa da minha fé e também da minha vontade de lutar, de nunca desistir”, afirma Joe.

Joe se casou novamente e continuou andando com Deus. Ele espera pilotar um avião novamente algum dia. “Passei por alguns momentos difíceis e, por meio das adversidades que tive de enfrentar, confiei no Senhor para me carregar”, destaca. “Ele estava lá para mim.”

Siga-nos

Mais do Guiame