Pastores dizem que Las Vegas é estratégica para o Evangelho: “Os campos estão brancos aqui”

“Muitos nunca tiveram alguém sentado ao seu lado e explicando quem é Jesus”.

Fonte: Guiame, com informações de CBN NewsAtualizado: terça-feira, 24 de agosto de 2021 14:27
Igreja Batista do Sul, nos Estados Unidos. (Foto: Reprodução/CBN News)
Igreja Batista do Sul, nos Estados Unidos. (Foto: Reprodução/CBN News)

Plantadores de igrejas estão dizendo que a cidade de Las Vegas, em Nevada, EUA, é estratégica para a pregação do Evangelho. Houve um aumento na implantação de igrejas no ano passado, incluindo uma série de congregações multiétnicas.

Embora os Batistas do Sul tenham visto o número de membros da denominação diminuir por mais de uma década, isso não quer dizer que seja a tendência atual. 

Em Las Vegas, a rede Send da denominação batista está plantando 13 novas igrejas. Os líderes explicam que o crescimento rápido se dá por conta da mudança estratégica, em uma cidade de alto perfil.

“A maioria das pessoas, eu garanto a você — especialmente se forem da costa oeste — nunca teve alguém sentado ao seu lado e explicando quem é Jesus”, disse Josh Carter, um plantador de igrejas da Send.

Cultura pré-cristã

Carter e outros membros da equipe que trabalham para o crescimento de igrejas Batistas do Sul descrevem Las Vegas como uma cultura “pré-cristã” com um grande número de pessoas que sabem pouco sobre a Bíblia e a Igreja.

“Essas pessoas não estão acostumadas à igreja, elas não acordam no domingo pensando 'cara, seria ótimo ir à igreja hoje’. Mas, a mídia social pode ser uma porta de entrada por aqui”, disse Carter. Segundo o líder, primeiro os veguenses “vão investigar você e depois vão te seguir”.

A estratégia, segundo o pastor, é construir relacionamentos, um a um, para erguer um alicerce. “Durante a pandemia, isso foi um enorme desafio para os plantadores”, comentou.

“Precisamos nos encontrar no nível básico do Evangelho”

Joseph Gibbons e sua esposa Kristen chegaram a Las Vegas em agosto de 2020, apoiados pela rede Send e prontos para iniciar uma igreja. Eles logo se encontraram lutando para se conectar com os vizinhos durante os sufocantes dias quentes de verão, que mantêm a maioria das pessoas dentro de casa.

Com o tempo, eles descobriram um lugar onde as pessoas estavam prontas e dispostas a conversar: os parques aquáticos de Las Vegas. “Na verdade, nada estava aberto”, lembra Gibbons. 

“Temos filhos pequenos, de 5 e 3 anos, então minha esposa os levava aos parques e ela conhecia as mães”, continuou. Joseph e Kristen começaram a fazer amizades e encontraram pessoas dispostas e abertas a explorar a Bíblia.

“Trata-se de assumir uma postura de que todos nós precisamos nos encontrar no nível básico do Evangelho. Se fizermos isso, vamos pegar essas fachadas religiosas e jogá-las na lata de lixo”, disse.

Gibbons também priorizou doar para a comunidade. Ele abordou uma escola secundária local e perguntou como poderia ajudá-la a ter sucesso. A partir daí, Favor City começou a crescer, bem no meio da pandemia.

“Quando o limite de reuniões era 10, dissemos 'ótimo, temos seis'. E nós apenas começamos a nos reunir”, lembrou. E o movimento tem sido promissor, segundo especialistas. 

Necessidade de plantar mais igrejas

O Dr. Ed Stetzer, diretor executivo do Wheaton College Billy Graham Center, é um especialista em crescimento da Igreja. “Acho que há esperança”, disse ao CBN News, em junho. 

“O Conselho Missionário Norte-Americano está plantando centenas e centenas de igrejas, números surpreendentemente altos mesmo em 2020”, revelou.

A Lifeway Research, sediada em Nashville, estima que cerca de 3 mil igrejas protestantes começaram nos Estados Unidos em 2019, enquanto 4.500 igrejas, também protestantes, fecharam. 

Daniel Yang, especialista em plantação de igrejas e diretor do Send Institute, acompanha esses fechamentos e os compara ao crescimento populacional. Para ele, a chamada para plantadores de igrejas é mais urgente do que nunca. 

Carter diz que cidades como Las Vegas, com sua cultura e adaptabilidade, oferecem uma excelente oportunidade para o Evangelho. “Esta cidade tem a melhor oportunidade para multiplicar igrejas mais rapidamente”, disse ele. 

Essa é uma das razões pelas quais ele recentemente se mudou para Las Vegas, depois de plantar uma igreja em Oregon. “É também uma cidade onde os plantadores precisarão de uma perspectiva missionária”, disse.

Ele comentou que, muitos pensam que para fazer missões é necessário ir para um país como a China ou outro país. “Bem, então seja bem-vindo à costa oeste. Bem-vindo a Las Vegas, os campos daqui estão brancos e há muitas pessoas que não conhecem o Evangelho”, concluiu.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame