Pastor rejeita oferta de ONG que deseja incluir mensagem vegetariana na placa da igreja

De acordo com a mídia local, a PETA queria substituir a mensagem "Você está no caminho certo?" com a sua frase "A estrada para o inferno é pavimentada com bacon. Seja vegetariano."

Fonte: Guiame, com informações de The Christian PostAtualizado: segunda-feira, 15 de junho de 2015 14:39
O espaço, conhecido como "Púlpito de Estrada",  leva a atual mensagem "Você está no caminho certo?"
O espaço, conhecido como "Púlpito de Estrada", leva a atual mensagem "Você está no caminho certo?"

 

Uma igreja americana rejeitou a doação de 500 dólares vinda de uma das maiores ONGs dedicadas aos direitos animais. O motivo é a condição de troca para a oferta: incluir a mensagem 'A estrada para o inferno é pavimentada com bacon' no espaço de anúncio da congregação.
 
J. Todd Vanaman, pastor da Igreja Batista de Dixie Clarkston, disse que o espaço, conhecido como "Púlpito de Estrada", não é um anúncio de outdoor. "A PETA ofereceu 500 dólares para um anúncio de uma semana em defesa de sua causa, o que não está em sintonia com o nosso objetivo. Portanto, nós respeitosamente rejeitamos a proposta", disse Vanaman.
 
De acordo com a mídia local, a PETA queria substituir a mensagem "Você está no caminho certo?" com a sua frase "A estrada para o inferno é pavimentada com bacon. Seja vegetariano."
 
People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), que se traduz "Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais", conta hoje com mais de 2 milhões de membros. A PETA tem como lema: "Animais não são nossos para comer, vestir, usar em experiências ou para entretenimento".
 
Por outro lado, o pastor Vanaman acredita que a carne animal pode ser utilizada para alimentação. "Nós não apoiamos o abuso animal, mas acreditamos que Deus deu ao homem o domínio sobre Sua criação. Depois do dilúvio, Deus deu essa autoridade a Noé e permissão para comer carne."

Depois de 45 anos de uso, o "Púlpito de Estrada" precisa de fundos para reparos, e Vanaman comemora o que já foi arrecadado. "Nesta primeira semana, cerca de 8 mil dólares foram doados para o projeto. Têm sido maravilhoso ouvir testemunhos sobre como o Senhor tem usado a nossa placa para tocar vidas e corações".

Sarah King, porta-voz da PETA, disse que a organização tomou conhecimento da placa da igreja via pesquisa feita pela ONG Jesus People for Animals, que é a divisão cristã da PETA. "Nós queríamos ajudar a igreja alcançar sua meta de captação de recursos, abordando também o abuso generalizado das criaturas de Deus nas explorações e nos matadouros".

"Como cristãos, somos chamados não somente para anunciar o Evangelho, mas também para proteger as criaturas de Deus, e uma das melhores maneiras que nós podemos fazer isso é desfrutar de deliciosos pratos vegetarianos onde ninguém tem que morrer", complementou Sarah.

Sobre a rejeição de sua doação pela igreja, King se diz "desapontada". "Esperamos que da próxima vez que os oficiais da igreja forem se sentar para comer, se lembrem que podemos tornar o mundo um lugar mais compassivo para os animais simplesmente deixando de colocá-los em nossos pratos."
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame