Pai infértil e filho choram ao receber ‘milagre’ em seus braços: “Só Jesus pode fazer”

João Prudêncio Neto tinha “produção zero de espermatozóides” e conta que foi pai novamente sem nenhum procedimento artificial.

Fonte: Guiame, Cris BeloniAtualizado: sexta-feira, 15 de outubro de 2021 13:53
Momento em que João Prudêncio Neto e seu filho Davi recebem a pequena Giovanna nos braços. (Foto: Captura de tela/Vídeo Facebook)
Momento em que João Prudêncio Neto e seu filho Davi recebem a pequena Giovanna nos braços. (Foto: Captura de tela/Vídeo Facebook)

Milagres continuam acontecendo. Um vídeo postado no início de março, mostrando o momento em que pai e filho recebem nos braços a pequena Giovanna, tocou o coração de milhares de pessoas e viralizou na internet, sendo divulgado inclusive pela CBN News.

O pai, João Prudêncio Neto, compartilhou o vídeo em sua conta no Instagram, no dia 4 de março. As imagens falam por si só. A emoção dos dois é incontrolável. Na legenda, João conta o motivo de sua alegria e gratidão.

“Depois de ter o nosso primeiro filho Davi, eu me tornei infértil. Era impossível ser pai de novo com produção zero de espermatozoides. Minha esposa Karolinne era saudável e também sonhava em ter outro filho. Até que o Senhor Jesus me curou, me dando vida para eu gerar outra”, compartilhou.


O casal Karolinne e João Prudêncio e seus dois filhos, Davi e Giovanna. (Foto: Reprodução/Facebook)

“Só Jesus pode fazer”

“O nascimento da Giovanna não é só benção para nossa família, mas também para todos aqueles que sonham um dia em viver o milagre que só Jesus pode fazer. Orávamos todos os dias por um milagre. Fui pai novamente sem nenhum procedimento artificial. Glória a Deus! Toda essa emoção é pelo milagre realizado; minha esposa está muito bem e feliz”, continuou.

“Esperei com paciência pelo Senhor; ELE se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro”, citou também Salmos 40.1.

Em seu Facebook, onde João também compartilhou o vídeo, declarou na postagem “O Deus que promete, o Deus que cumpre. Nunca pensamos que viveríamos um momento tão especial assim”, escreveu.

“Um testemunho além-fronteira, que glorifica tão somente ao nome do Deus Vivo, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo”, continuou.

“Deus é, Deus faz. ‘Porque, assim como a chuva e a neve descem dos céus e para lá não voltam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei’ (Isaías 55.10-11)”, citou ao concluir.

Assista o vídeo:

Siga-nos

Mais do Guiame