Paciente vence câncer após Deus visitá-la no hospital: ‘Naquela hora fui curada’

O câncer de Marjorie era tão agressivo que ela quase não sobreviveu ao tratamento, até que Deus a visitou no hospital.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: segunda-feira, 9 de agosto de 2021 15:07
Marjorie foi diagnosticada com um tipo raro de câncer nos ossos. (Foto: 700 Club Interactive)
Marjorie foi diagnosticada com um tipo raro de câncer nos ossos. (Foto: 700 Club Interactive)

Marjorie é uma mãe de 4 filhos que viu sua vida virar de cabeça para baixo após um diagnóstico de câncer em 2012, quando tinha 38 anos de idade. O que parecia ser seu fim se transformou em um testemunho do poder de Deus para curar.

Em setembro de 2012, Marjorie foi informada pelos médicos que precisaria passar por uma cirurgia de remoção do lobo superior e médio de seu pulmão direito, que estava afetado pelo tumor. 

Diante das más notícias, ela e seu marido, John, se uniram em oração para que o câncer fosse removido através da cirurgia e que a quimioterapia não fosse necessária. Mas a situação não foi tão simples. Durante a cirurgia, os médicos descobriram que a massa cancerígena não estava em seu pulmão, mas em uma de suas costelas. Eles removeram a costela para análise.

“Foi muito difícil ver ela com uma dor terrível”, disse John ao 700 Club Interactive. “Foi um período muito assustador. Fico feliz por ter tido o apoio da minha igreja”, acrescentou Marjorie.

Logo depois, veio o diagnóstico: Marjorie tinha condrossarcoma mesenquimal, um tipo raro de câncer ósseo que não tem protocolo de tratamento. A melhor solução encontrada pelos oncologistas eram altas doses de radiação seguidas por uma quimioterapia intensiva.

“Eu estava ouvindo a Palavra e fazendo tudo o que podia para tentar permanecer encorajada. Eu fiz uma escolha: eu vou lutar, eu vou batalhar a luta da fé”, disse Marjorie.

Pouco antes do Natal, Marjorie começou um regime diário de radiação que a deixou cada vez mais fraca. Sua condição ficaria ainda pior — depois de terminar a radiação, ela foi internada para iniciar a quimioterapia intensiva. Depois de uma rodada de quimioterapia, ela teve uma reação negativa que a deixou inconsciente e quase em coma.

“O médico disse que só por causa da natureza extrema da quimioterapia era possível que ela não sobrevivesse ao próprio tratamento”, conta o marido.


Marjorie foi diagnosticada com um tipo raro de câncer nos ossos. (Foto: 700 Club Interactive)

Deus visitou o hospital

Enquanto John e os médicos consideravam as opções, Marjorie relata que foi visitada por Deus em sua cama de hospital. “Ele disse: ‘Você pode morrer e voltar para casa comigo, ou pode escolher a vida e viver’. Eu não queria deixar meu marido e meus filhos e eu disse: ‘Deus, eu quero viver’”.

“Eu me lembro que bem naquela hora, senti uma energia passando pelo meu corpo, como uma eletricidade. Eu me sentei na cama e disse: ‘Estou curada!’”, contou ela.

Crendo na cura de Deus, Marjorie e John decidiram parar o tratamento. “Meu oncologista veio no quarto e disse: ‘Você vai morrer se não fizer a quimio. Você tem 0% de chance de sobreviver sem a quimio. Se você não terminar o tratamento, você vai estar morta em provavelmente seis meses’.

Três meses depois, Marjorie voltou ao hospital para seu primeiro check-up e o primeiro exame veio negativo. Ela retornou ao hospital muitas outras vezes para fazer novos testes, e o resultado continuava apontando que ela estava livre do câncer.

O último exame que ela realizou foi em dezembro de 2018 e continuava negativo. “Estou livre do câncer. Estou curada em nome de Jesus”, declara.

Por fim, Marjorie testemunha: “Você precisa proclamar a Palavra de Deus sobre você e declarar cura. Eles me disseram que eu não deveria estar aqui. Não escute isso. Escute a Palavra de Deus. Por Suas pisaduras você é sarado”.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame