Nadador ganha 5 medalhas de ouro e exalta Deus nas Olimpíadas: “Confio no que Ele faz”

Dressel tem falado abertamente sobre sua fé cristã para o mundo. “Não estou no esporte para ser o mais rápido, mas para inspirar as pessoas”.

Fonte: Guiame, com informações de CBN NewsAtualizado: segunda-feira, 2 de agosto de 2021 12:36
O nadador Caeleb Dressel é ouro nos 100m livre com recorde olímpico. (Foto: Jonathan/Nackstrand/AFP)
O nadador Caeleb Dressel é ouro nos 100m livre com recorde olímpico. (Foto: Jonathan/Nackstrand/AFP)

O nadador americano Caeleb Dressel vai voltar para casa com cinco medalhas de ouro após quebrar vários recordes mundiais  nas Olimpíadas de Tóquio.

Dressel tem 24 anos e completou os 100 metros borboleta em 49,45 segundos, quebrando seu próprio recorde mundial em 0,05. Isso aconteceu apenas dois dias depois de estabelecer um recorde americano nos 100 metros livres. Ele também nadou nas semifinais de estilo livre de 50 metros.

“Foi um ano realmente muito difícil, por isso, ver os resultados aparecerem e saber que deu tudo certo me faz sentir muito feliz”, disse aos repórteres. Ele tem falado abertamente sobre sua fé cristã, dizendo ser a força que o move para seguir em frente.

Ele contou que a grande tatuagem de águia, que cobre a parte superior de seu ombro esquerdo, representa um de seus versículos bíblicos favoritos.

“Aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam”. (Isaías 40.31)

“Essa é a razão pela qual estou nos esportes — não para ser o mais rápido, mas para inspirar as pessoas e mostrar a elas que encontro minha felicidade em Deus”, disse na ocasião do Campeonato Americano de 2015, ao Baptist Standard. 

Sobre Caeleb Dressel

Ele foi criado num lar cristão, mas admite que sua fé se fortaleceu enquanto estudava na Universidade da Flórida e depois que começou a frequentar a igreja em Gainesville.

Dressel chegou a parar de nadar, dizendo que não se interessava mais pelo esporte. Ele passou por um período difícil, aos dezessete anos, quando já era um fenômeno e teve uma depressão. Mas, decidiu voltar com mais esperança e confiança no Espírito Santo.

“Saindo disso, comecei a nadar novamente e realmente coloquei toda a minha confiança em Deus, sabendo que Ele vai cuidar de tudo para mim, nos momentos bons e ruins”, declarou em 2016, também ao Baptist Standard.

“Eu realmente aprendi muito. Eu sei ver a luz no fim do túnel e aprendi a confiar no que Deus está fazendo, seja num momento difícil ou no auge da minha vida”, reforçou.

Considerado por muitos como o melhor nadador masculino do mundo, Dressel disse que alcançou o objetivo proposto. “Agora eu só quero ir para casa e seguir em frente”, concluiu.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame