Menino que superou doença desconhecida prega sua fé: “Quero espalhar Jesus pelo mundo”

Arthur Ansuattigui, de 10 anos, chora ao contar os milagres de Deus em sua vida.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: quinta-feira, 22 de julho de 2021 12:12
Arthur Ansuattigui, de 10 anos, conta testemunho ao lado do pastor Josué Valandro Jr. (Foto: Igreja Batista Atitude)
Arthur Ansuattigui, de 10 anos, conta testemunho ao lado do pastor Josué Valandro Jr. (Foto: Igreja Batista Atitude)

Com apenas 10 anos de idade, Arthur Ansuattigui carrega em seu coração um desejo especial: “Meu sonho é espalhar Jesus por todo o mundo!”

Arthur é membro da Igreja Batista Atitude, no Rio de Janeiro. Sua vida foi consagrada a Deus por sua mãe alguns anos atrás, quando enfrentava diversas doenças e estava internado.

“Eu nasci com uma doença que os médicos não descobriam. Nem mesmo médicos famosos não sabiam o que era. Eu até cheguei a fazer transfusão de sangue com um mês de idade”, disse Arthur em vídeo publicado por sua igreja.

A mãe de Arthur, percebendo que nenhum médico conseguia fechar um diagnóstico, fez uma oração: “Se Ele me salvasse, ela me levaria para o caminho de Deus”, conta o menino. 

Na mesma noite, Deus falou com a mãe de Arthur através de um programa de TV, no qual o pastor tinha uma mensagem a uma mãe que estava no hospital com o filho: “Seu filho vai receber um novo sopro de vida”. E no dia seguinte, Arthur teve alta.

Este não é o único milagre lembrado pelo menino. Quando tinha apenas 2 anos, Arthur teve que fazer uma viagem de avião e, logo depois, os médicos descobriram que ele estava correndo risco — havia um cisto em sua cabeça.

“O cisto poderia ter estourado no meio do voo, mas Deus me protegeu”, destaca.


Arthur Ansuattigui passou a infância enfrentando problemas de saúde. (Foto: Igreja Batista Atitude)

Durante toda a infância, Arthur teve problemas de saúde: problemas cardíacos, asma, bronquite, doença celíaca, entre outras complicações. “Eu via meus amigos jogando bola, andando de bicicleta, correndo, e eu não podia fazer aquilo, porque minha doença cardíaca não deixava”, lembra.

“Eu não vou dizer que não ficava triste. Eu ficava triste, mas Deus me consolava”, acrescenta.

Pouco tempo atrás, porém, o menino já passou a jogar bola, andar de bicicleta, correr e brincar com os amigos. “Mas comparado a todos os outros milagres que Deus já fez na minha vida, isso não é nada”, Arthur observa.

“Eu agradeço todos os dias a Ele. Eu poderia estar internado, mas eu agradeci a Ele. Eu poderia estar chorando, mas eu agradeci a Ele. Eu sempre serei grato por todos os milagres”, afirma o menino.

Por fim, ao fazer uma oração, o menino ficou em lágrimas: “Faça com que eu possa levar Você, para que eu possa levar a Sua Palavra, pelo mundo inteiro, meu Pai. Para que todas as pessoas que me vejam, e vejam os pastores, conheçam Cristo e que elas vivam na Sua vida, meu Pai. Que elas sejam guiadas por Ti, Senhor. Por favor, Papai.”

Veja o testemunho completo:

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame