Líder da Hillsong contesta proibição de igrejas cantarem na Austrália

Diversas igrejas expressaram desapontamento com as restrições, especialmente de correntes pentecostais e católicas.

Fonte: Guiame, com informações do Eternity News e InstagramAtualizado: terça-feira, 6 de julho de 2021 16:40
O fundador da Hillsong, Brian Houston. (Foto: Reprodução / Christian Post)
O fundador da Hillsong, Brian Houston. (Foto: Reprodução / Christian Post)

Após uma orientação de New South Wales (NSW) dizendo que as igrejas australiana não devem ter nenhum canto, mesmo em uma transmissão ao vivo feita em um prédio vazio de acordo com um e-mail oficial enviado aos líderes da igreja, o líder da Hillsong, Brian Houston fez uma postagem rechançando a ordem.

“Sem cantar. Não apenas sem cantar na igreja, mas para uma câmera para a igreja online. Simplesmente não está certo. Vamos nos posicionar”, escreveu em seu perfil no Istagram.

Houston obteve apoio de outros líderes e igrejas, entre os quais o grupo da Bethel Music Believers, dos EUA, que escreveu em resposta: “A igreja global tomará uma posição e o Senhor dará a última palavra”.

Diversas igrejas, segundo a Eternity, expressaram desapontamento com as restrições, especialmente de correntes pentecostais e católicas.

O cantor e evangelista americano Sean Feucht também escreveu: “É sobre isso que venho dizendo há 12 meses. A igreja precisa se levantar”, escreveu com a hashtag #LetUsWorship.

A atriz cristã Priscilla Shirer, potagonista do filme “Quarto de Guerra”, também se posicionou: “Isso é irreal. Orando contra os esquemas do inimigo".

A medida tem gerado polêmica e descrita como perseguição religiosa, segundo alguns cristãos que se manifestaram na postagem. Uma igreja pediu que Brian Houston siga em frente com sua indignação.

“Talvez em um momento como este, a influência de Hillsong de ser usada para a libertação de uma nação. Eu garanto a você - conforme você avança e sai, você terá o apoio da igreja desta nação e, mais importante, de Deus”.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame