Igreja evangélica é vandalizada com pichações obscenas durante parada gay, nos EUA

A Igreja Cornerstone foi vandalizada com no final de semana passado, durante um evento do 'Orgulho LGBTQ' na cidade de La Crosse.

Fonte: Guiame, com informações do Christian PostAtualizado: terça-feira, 19 de setembro de 2017 14:40
As pichações mostram frases, como 'Ame para não odiar' (esquerda) e também um órgão genital masculino (no canto abaixo, à direita). (Imagem: Christian Post - Jason LaCourse)
As pichações mostram frases, como 'Ame para não odiar' (esquerda) e também um órgão genital masculino (no canto abaixo, à direita). (Imagem: Christian Post - Jason LaCourse)

Uma igreja de La Crosse, em Wisconsin (EUA) foi vandalizada com pichações anti-cristãs e sexualmente explícitas durante uma parada do 'Orgulho LGBTQ' no último fim de semana, na cidade.

A igreja 'Cornerstone Community' e outros estabelecimentos da cidade foram atacados por vândalos que passaram pichando mensagens nas paredes e janelas dos edifícios usando tinta spray vermelha.

"Os vândalos picharam um sol e um círculo de laranja, além de desenharem um órgão genital masculino e a frase 'Ame para não odiar'. Um guarda-chuva e uma cruz de cabeça para baixo também estavam entre as pichações", informou o La Cross Tribune na quarta-feira.

"No mesmo beco, os pichadores também escreveram 'pecadores' em tinta spray, ao lado de uma mão que mostrava o dedo do meio e as frases 'Sou gay' e 'Femme f*de a igreja' com uma cruz de cabeça para baixo e uma flor na parede da igreja Cornerstone", acrescentou o relato do jornal

O site norte-americano 'Christian Post' procurou a liderança da 'Cornerstone' para comentar este caso, mas ainda não obteve resposta.

Outras empresas atacadas pelos vândalos incluem o Teatro Cavalier, cujo dono, Jason LaCourse relatou que as pichações foram descobertas no dia 9 de setembro.

Quanto a possíveis motivos, LaCourse observou que houve um "fim-de-semana de eventos do Orgulho LGBTQ na cidade", mas também que o teatro e a igreja estão localizados perto de muitos bares e um campus da Universidade de Wisconsin.

"Nas noites do fim de semana, há um desfile constante de estudantes passando pelo meu prédio a caminho para suas casas depois de saírem do centro da cidade. Muitas vezes, o que acontece naquele beco, ocorre porque os estudantes universitários estão bêbados", disse LaCourse.

"Eu acho que alguém que estava participando do fim de semana do Orgulho LGBTQ, ficou emocionalmente motivado a comemorar e queria compartilhar suas palavras de ordem e pensamentos através de pichações", afirmou.

LaCourse disse ao Christian Post que os incidentes de pichações na região se tornaram algo tão problemático que "alguns anos atrás, uma lei da cidade foi aprovada para combater essa atividade".


Igreja Cornerstone

Fundada em 1997 e afiliada à Converge Great Lakes e à Associação Willow Creek, a Declaração de Fé da Igreja Cornerstone identifica a Bíblia como a sua "base única de crença".

"Nós acreditamos que a Escritura em sua totalidade se originou com Deus e que foi escrita sob Sua inspiração. As Escrituras assim, ao mesmo tempo, falam com a autoridade de Deus e refletem os antecedentes, estilos e vocabulários dos autores humanos", diz parte da declaração.

"Nós afirmamos que as Escrituras são infalíveis e inerentes nos manuscritos originais. Eles são a autoridade única, completa e final em todos os assuntos de fé e prática e não há outros escritos inspirados de maneira semelhante por Deus", acrescenta o documento oficial.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame