Homens da Bíblia: Tomé

Homens da Bíblia: Tomé

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:24

Quando se fala de Tomé a primeira informação que vem à cabeça é que ele teve que ver e tocar nos machucados de Jesus para crer que Ele ressuscitou (João 20:24-28). Mas será que ele realmente foi incrédulo?

Quando Jesus apareceu aos outros apóstolos, e Tomé não estava, estes também custaram a acreditar que era Jesus ressurreto. Mesmo vendo as marcas de Cristo, eles não creram. Tanto que Jesus pegou um peixe e um favo de mel e comeu diante deles, para que pudessem acreditar que Ele estava ali (Lucas 24:36-43).

Tomé talvez tivesse até mais fé que os demais apóstolos, porque ele viu, tocou e creu, enquanto os outros, mesmo tocando, ainda não creram.

Este apóstolo é um exemplo de que a nossa fé deve estar alicerçada naquilo que não se vê. É isso que Deus espera de cada um dos seres humanos que, mesmo sem ver Cristo, creia que Ele morreu por cada um de nós, ressuscitou e hoje está junto com o Pai. Por isso, ele disse a Tomé: “Bem-aventurados os que não viram e creram” (João 20:29).

É também um exemplo para o dia a dia, quando não vemos imediatamente o resultado de uma ação, mas temos a certeza da importância. Um exemplo disso é quando pedimos perdão a alguém, mas não vemos na pessoa uma mudança, porém sabemos que aquele ato de humildade pode gerar nela uma transformação de vida. É uma atitude de fé.

Tomé acreditava tanto em Jesus, que preferia morrer por Ele a viver sem Ele. Foi o único apóstolo que se dispôs a voltar com Cristo a Betânia, no episódio da morte de Lázaro, mesmo sabendo que Ele estava jurado de morte pelos judeus (João 11:16). Somente ele foi a favor de Jesus, quando Ele quis voltar para ver seu amigo.

E será que estamos dispostos a ajudar as pessoas, a estar com amigos, mesmo que isso signifique anular a nossa própria vida? Jesus precisava ir até o corpo de Lázaro para que as pessoas pudessem ser testemunhas do poder de Deus.

É preciso estar perto de nossos amigos e familiares, para ajudá-los, dar um abraço e, assim, com a nossa atitude correta, mostrar que Deus está dentro de nós, com respeito e amor ao próximo.

Tomé foi exemplo de fé e companheirismo incondicional a Jesus. E é este o exemplo que ele deixou para cada um de nós.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame