Homem livra pastor de ataque e sobrevive a tiro na cabeça: "Anjos estavam comigo"

Montell Bruce atua como recepcionista em sua igreja e foi atingido de raspão na cabeça, quando lutou contra um homem armado que tentou atacar seu pastor.

Fonte: Guiame, com informações da Fox4Atualizado: terça-feira, 23 de maio de 2017 12:04
Montell Bruce. (Foto: Twitter)
Montell Bruce. (Foto: Twitter)
O culto matinal de uma igreja foi interrompido com vários tiros, muitos gritos, e um homem baleado de raspão na cabeça por uma bala, que acabou quebrando uma das janelas do templo.

O fato aconteceu na manhã do último domingo (21), dentro da igreja evangélica 'Casa de Refúgio da Família', perto de Hillcrest.

O recepcionista da igreja - que levou um tiro de raspão na cabeça - disse que minutos depois que o atirador entrou no templo, os tiros começaram.

Há quase um ano, Montell Bruce, de 23 anos, se empenha em atuar como recepcionista na 'Casa de Refúgio', um lugar que ele considera muito "edificante e que faz bem ao espírito".

Mas Bruce disse que pouco depois que as portas da igreja se abriram na manhã do último domingo, ele ouviu algumas discutindo. O atirador já estava nervoso e queria atacar o pastor da igreja.

"Ele estava muito bravo com o pastor e acho que queria ajuda financeira", explicou Bruce.

Ele disse que um homem que tinha visitado a igreja antes e também tinha discutido com o pastor, exigindo dinheiro. Desta vez, ele apareceu armado e fazendo ameaças novamente.

"Ele ameaçou o pastor, dizendo: 'eu e você, cara a cara", lembrou Bruce.

Bruce contou que em vez de sair da igreja, o homem puxou uma arma. Foi então que o recepcionista entrou em ação.

"Eu apenas agarrei aquele homem e o joguei no chão. Eu estava tentando pelo menos pegar a arma dele", disse ele.

Bruce disse que o homem de repente disparou pelo menos seis vezes. Uma bala pegou de raspão no lado direito de sua cabeça.

"Naquela hora, eu achei que não veria minha família novamente", disse ele.

Bruce calculou que havia mais de 60 pessoas dentro da igreja naquele momento, incluindo seu filho de 1 ano de idade.

"As pessoas estavam correndo, algumas subiram nos bancos, muitos gritavam", disse ele.

Bruce disse que o momento foi marcante e ainda está tentando processar em sua mente, tudo o que aconteceu.

"Eu ainda consigo ouvir os disparos: 'boom, boom, boom", contou.

Após ser atingido de raspão na cabeça, Bruce saiu dali sangrando.

"Eu estava sangrando muito, com o sangue escorrendo pelas minhas mãos e meus braços", relatou.

"Eu acredito que muitos anjos estavam comigo", acrescentou Bruce, dizendo que acredita que Deus poupou sua vida.

"Eu sou altamente abençoado e creio que o favor de Deus estava sobre mim naquele dia", acrecentou.

Ninguém além de Bruce ficou ferido. A polícia ainda está procurando o atirador.

Enquanto isso, o recepcionista informou que a igreja agora planeja aumentar sua segurança.
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame